Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Governo da Bahia cria grupo para atrair nova montadora e mira na China
Primeira reunião com o governador baiano de grupo de trabalho para atrair outra montadora ao Estado

Indústria | 12/01/2021 | 18h00

Governo da Bahia cria grupo para atrair nova montadora e mira na China

Governador Rui Costa tomou iniciativa após anúncio de fechamento da fábrica da Ford em Camaçari

PEDRO KUTNEY, AB

Logo após ser informado em uma reunião virtual na segunda-feira, 11, que a Ford decidiu fechar suas fábricas no Brasil, com o consequente encerramento das atividades produtivas e demissões de empregados na planta de Camaçari (BA), o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a formação de um grupo de trabalho para atrair uma nova montadora ao Estado. Entre possíveis candidatos, a embaixada da China já foi contatada para sondar possíveis investidores.

Segundo calcula o governo baiano, o encerramento da produção na Ford deverá provocar mais de 6 mil demissões, na própria fábrica e nos fornecedores, entre os que atuam dentro e fora da planta. Na avaliação de Costa, atrair outra fabricante de veículos será a única forma de preservar as empresas e os empregos na região, em uma cadeia de suprimentos que foi formada ao longo dos últimos 20 anos em que a Ford produziu seus carros no município.

Em nota publicada nas redes sociais, o governador baiano lamentou a decisão da Ford de encerrar a produção no País: “Significa milhares de desempregados, sendo cerca de 6 mil demissões somente na Bahia”, afirmou. Costa disse que imediatamente após ser informado do fechamento entrou em contato com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para formar o grupo de trabalho e buscar alternativas ao parque industrial do Estado. Na terça-feira, 12, o grupo realizou sua primeira reunião na sede do governo em Salvador, com representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, trabalhadores da montadora, integrantes da Fieb e de secretarias estaduais.

“Nós não vamos ficar parados e iremos fazer a nossa parte. A partir de hoje [12] esse grupo irá trabalhar para apresentar o que a Bahia tem a oferecer para esses investidores, que é uma belíssima estrutura, estrutura portuária, o parque tecnológico do Senai Cimatec Industrial, inclusive com campo de provas. Já enviamos os primeiros documentos a embaixadas de outros países e estamos esperando que eles nos ajudem a encontrar esses fabricantes”, informou o governador Rui Costa.



Também presente na reunião, Júlio Bonfim, presidente do sindicato, defendeu a criação de um polo automotivo em Camaçari. “Precisamos buscar uma saída para que milhares de trabalhadores e trabalhadoras não percam o emprego. A construção de um parque industrial de autopeças é uma alternativa que defendemos há anos, bem como a chegada de outra montadora pode garantir os empregos, os investimentos e, consequentemente, o fluxo intenso na economia da Região Metropolitana de Salvador, como estava sendo desde a chegada da Ford, em 2001”, afirmou.



Tags: Bahia, Estado, Rui Costa, Camaçari, Ford, montadora, investimento, indústria, China.

Comentários

  • Airplane

    AMahindra deveria ser incluída nessa consulta / oferta pois fabricará na Índia os sucessores do Ka (Figo), Ka sedan (Aspire) e Ecosport !

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência