Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 20/10/2008 | 00h00

Separando o boato da boa informação

Boatos e informações desencontradas, sem referência de fonte confiável, são certamente o pior ingrediente para alimentar a crise que começa a tomar forma.

Automotive Business

Boatos e informações desencontradas, sem referência de fonte confiável, são certamente o pior ingrediente para alimentar a crise que começa a tomar forma. Se você ouviu dizer que as vendas de carros caíram 30%, desconfie e confira. Faça o mesmo se ler alguma notícia sobre um milhão de carros encalhados. A crise é séria, o Brasil não está blindado e terá seus próprios desajustes a serem corrigidos. Mas a dose de pânico que informações desencontradas trazem pode ser alta, provocando até mesmo a paralisação de negócios em algumas situações. Os dirigentes da Anfavea, Sindipeças e Fenabrave têm procurado demonstrar serenidade e evitar pânico. “Colher informação da melhor fonte é a saída para ajustar o planejamento e evitar riscos” – afirma Fred Carvalho, jornalista e coordenador do seminário AutoData Perspectivas 2009, que reúne executivos do setor automotivo dias 27 e 28 de outubro, em São Paulo, para discutir os novos cenários na indústria automobilística – incluindo a cadeia de suprimento, produção e distribuição. As incertezas do momento tornaram o evento o maior dos últimos doze anos, com recorde de participação e ingressos escasseando. Cinco presidentes de montadoras estarão presentes dia 28 à tarde, tratando de dissecar as previsões para produção, vendas e exportações de veículos leves e comerciais. Os veículos comerciais estarão em destaque no primeiro dia do seminário.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência