Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 01/07/2010 | 00h00

Mineração Usiminas nasce com valor de US$ 6,4 bilhões

Sumitomo terá 30% de participação na nova empresa.

Chiara Quintão, Agência Estado.

O presidente da Usiminas, Wilson Brumer, afirmou nesta quarta-feira, 30, que a Mineração Usiminas já nasce com valor de US$ 6,4 bilhões. A Sumitomo vai comprar 30% de participação na nova empresa por meio da subscrição de novas ações, pelo preço total de até US$ 1,929 bilhão, dos quais US$ 579 milhões estão condicionados à confirmação de eventos futuros.

No momento adequado, a oferta inicial de ações (IPO) da Usiminas Mineração será analisada, de acordo com o presidente da Usiminas. "Os 30% da Sumitomo podem ser reduzidos se decidirmos fazer um IPO", disse Brumer, ressaltando que a Usiminas sempre terá mais de 50% do controle. A nova empresa existirá formalmente a partir de 1º de agosto. A intenção é que os contratos estejam finalizados até o fim de agosto, informou o executivo.

Para a Mineração Usiminas, serão transferidos ativos minerários e participações societárias em terminais de embarque de minério na região de Serra Azul, MG, ações representativas de 49,9% do capital votante e 83,3% do capital total da Usiminas Participações e Logística (UPL) e terreno localizado em Itaguaí (RJ), após finalização do processo de remediação, já autorizado.

Já para a Usiminas Participações e Logística, será transferida a totalidade da participação acionária detida pela Usiminas na MRS Logística, dependendo de aprovação prévia da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Caixa

Os recursos decorrentes do pagamento de 30% da Mineração Usiminas pela Sumitomo entrarão no caixa da empresa até o fim de setembro, segundo Brumer. Na ocasião, serão desembolsados cerca de US$ 1,350 bilhão. "O total de US$ 1,929 bilhão é suficiente para financiar a expansão da mineradora e abre a possibilidade de nova emissão de ações, se isso for considerado adequado", disse Brumer.

Entre os eventos condicionantes está a liberação da área em Itaguaí, RJ, para a instalação de um porto, para a qual a licença ambiental já foi obtida. Atendendo a essa condição, a Usiminas receberá 30% dos US$ 579 milhões.

A Usiminas vai investir R$ 100 milhões para concluir o processo de remediação e preparação do terreno. O início do processo ocorrerá em janeiro de 2011 e a conclusão da recuperação da área em entre 15 e 18 meses depois. A intenção é, futuramente, construir um porto no local para a exportação de minério. Os demais 70% dos US$ 579 milhões serão obtidos a partir da assinatura de contratos de lavras conjuntas.

Investimentos

Brumer afirmou que os investimentos da Mineração Usiminas vão somar R$ 4,1 bilhões até 2015. No valor, estão incluídos projetos na mina - instalações industriais, equipamentos, barragens e terminais de embarque -, mas não gastos em porto. Os investimentos destinam-se à obtenção da capacidade de produção de 29 milhões de toneladas de minério de ferro a partir de 2015.

A expectativa é de produção de 7 milhões de toneladas em 2010, de 8 milhões de toneladas em 2011, de 10 milhões de toneladas em 2012, de 11 milhões de toneladas em 2013, de 25 milhões de toneladas em 2014 e de 29 milhões de toneladas em 2015.

A Usiminas será o cliente preferencial da empresa de mineração. A decisão de não vender 100% da empresa busca tornar a Usiminas menos dependente do fornecimento de terceiros. "Há um grande movimento de boa parte da siderurgia mundial de ir mais para a atividade de mineração", disse Brumer, ressaltando a estratégia de a empresa ser mais integrada na produção de aço e na obtenção de matérias-primas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência