Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 20/08/2010 | 00h00

Ponto eletrônico: falta equipamento, diz Lupi

Para o ministro medida vai ajudar trabalhador.

Roberta Lopes, Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social

Roberta Lopes, Agência Brasil

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, disse na quinta-feira, 19, que a decisão do governo federal em adiar o prazo para as empresas se adequarem às normas que regulamentam o uso do ponto eletrônico foi tomada porque a produção industrial desses equipamentos não poderia atender à demanda do mercado.

Lupi negou que o adiamento tenha sido motivado por pressões do setor empresarial, que queria o fim da norma. “Quem me conhece sabe que não sou homem de sofrer pressões. Estamos convictos de que essa medida será boa para patrões e empregados, inclusive para a Justiça do Trabalho. A maior parte das reclamações na Justiça se refere ao não pagamento de horas extras”, alegou.

Segundo o ministro, a medida vai possibilitar que o trabalhador possa reclamar diretamente o não pagamento de horas extras.

Com o adiamento, a norma passará a valer a partir de 1º de março de 2011. A medida iria começar a valer a partir da quinta-feira, 26.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência