Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 06/10/2010 | 11h28

Iveco valoriza engenharia brasileira

Montadora desenvolveu veículo em Sete Lagos, MG

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


A Iveco está aproveitando o 19º Congresso e Exposição da SAE BRASIL, no ExpoCenter Norte, SP, para destacar a capacidade de desenvolvimento de sua engenharia brasileira, tendo como exemplo prático o recente lançamento da nova família de caminhões pesados Iveco Stralis NR, totalmente desenvolvida pelos engenheiros do Centro de Desenvolvimento de Produto da Iveco Latin America, instalado em Sete Lagoas, MG.

A Iveco mantém em seu estande um motor movido 100% a etanol, que está em fase de testes, e diversos equipamentos, como a embreagem do novo Iveco Stralis NR, que recebeu patente mundial, o sistema de gerenciamento Frota Fácil, além do Econômetro, que ajuda o motorista a reduzir o consumo de combustível de seu caminhão. A nova família Iveco Stralis NR composta por três modelos (de 380cv, 410cv e 460cv), será representada na feira pela versão de 410cv.

O trabalho envolveu 110 engenheiros e apenas 18 meses de trabalho, em função do sistema de gestão por plataformas de produto da montadora, que reúne profissionais das áreas de marketing do produto, compras, custos, qualidade, logística, finanças, manufatura, pós-venda e engenharia. “A plataforma tem autonomia e o time trabalha focado, o que aumenta a flexibilidade e a agilidade”, explica o engenheiro Luciano Cafure, gerente da plataforma de veículos pesados da Iveco, responsável pelo projeto NR.



Tags: Iveco, SAE Brasil, Stralis NR, etanol, econômetro, frota fácil, Sete Lagoas, engenharia brasileira.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência