Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 19/09/2008 | 00h00

Fiat Linea, a partir de R$ 60.900, briga entre sedãs médios

Com design elegante e porte acentuado para a categoria, o sedã traz novidades como os motores 1.9 L (até 132 cavalos) e o T Jet (compacto, turbo, de 152 cavalos).

Automotive Business

Com design elegante e porte acentuado para a categoria, o sedã traz novidades como os motores 1.9 L (até 132 cavalos) e o T Jet (compacto, turbo, de 152 cavalos). A Fiat promete esquentar a briga no segmento dos sedãs médios com o lançamento do Linea, que aconteceu ontem à noite no Golden Hall do WTC Hotel, em São Paulo. Com a presença de 1.500 convidados, a festa se repetirá hoje para jornalistas, clientes e distribuidores, com direito a show de Roberto Carlos e Caetano Veloso. Cledorvino Belini, como era de se esperar, comandou a festa. O carro impressiona pelo desenho elegante e pelo porte: é um dos maiores da categoria. O Linea chega em quatro versões (1.9 16V, 1.9 16V Dualogic, Absolute e T-Jet). Há dois novos motores, dois tipos de câmbio e três níveis de acabamento. Os preços variam de R$ 60.900 a R$ 78.900. O projeto global representa um passo importante da montadora depois de uma experiência pouco satisfatória com o Tempra e o Marea: “puro estilo italiano, com tempero brasileiro” – diz a Fiat, que chegou a uma boa receita. O carro foi desenvolvido pela engenharia da marca no Brasil em colaboração com a Itália, inclusive na área de motores. Lançado em maio de 2007, o carro já é vendido na Alemanha e Portugal. O Fiat Linea oferece itens como câmbio Dualogic, Blue&Me com navegador GPS, sensor de estacionamento, de chuva e crepuscular, até seis air bags, ar-condicionado automático digital. Com esses e outros atributos passa a disputar o quarto maior segmento do mercado nacional, que de 2006 para 2007 cresceu 30,6% – enquanto o mercado de automóveis ganhou 26,4% no mesmo período. Em 2007, foram comercializados mais de 181 mil carros. Neste ano, de janeiro a agosto, o segmento dos sedans médios já vendeu mais de 140 mil automóveis. Estima-se um volume de 220 mil unidades para o fechamento de 2008. A garantia contratual é de três anos e vem acompanhada de garantia contra corrosão perfurante, válida por cinco anos. As revisões periódicas são feitas a cada 15 mil quilômetros ou um ano.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência