Automotive Business
  
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 30/11/2010 | 06h28

Pouillaude volta à França de olho no Brasil

Executivo assumirá direção mundial da marca Renault

Pedro Kutney, para Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Pedro Kutney, para Automotive Business

A Renault confirmou na segunda-feira, 29, a nova posição de Christian Pouillaude, que após passar cinco anos como vice-presidente comercial da empresa no Brasil, voltará à matriz do grupo em Paris, França, no posto de diretor geral da marca Renault no mundo, que assume em janeiro próximo. A Renault já havia divulgado em outubro que Gustavo Schmidt, vindo da Volkswagen, iria assumir a vice-presidência comercial.

Pouillaude avisou que pretende continuar a acompanhar “bem de perto” o desempenho da Renault no Brasil e vai voltar sempre que possível. “Nem que seja só para vir passar férias no meu apartamento no Rio de Janeiro”, disse à Automotive Business o executivo francês, que se casou com uma brasileira e, desde 2008, é naturalizado brasileiro. “Gosto muito daqui e quero que meu sucessor continue o atual ciclo de expansão.”

Quando Pouillaude chegou para comandar as operações comerciais da Renault do Brasil, em setembro de 2005, a situação não era das melhores: as vendas estavam em queda, chegaram a 47,5 mil unidades naquele ano, e a participação da marca no mercado brasileiro era de 2,8%. Após cinco anos de avanço, o negócio no País triplicou de tamanho, a Renault projeta fechar 2010 com crescimento de 30% sobre 2009 e cerca de 150 mil veículos vendidos, aumentando o market share para perto dos 5%. A rede de concessionárias também registrou sensível expansão no período, de 145 para 180 pontos de venda.

“Em 2011 nos preparamos para um novo crescimento de mais de 20%, para algo como 180 mil unidades”, destaca Pouillaude. “E o número de concessionárias deve chegar a quase 200”, acrescenta.

“É esse desempenho que vou cobrar daqui”, avisa Pouillaude a Gustavo Schmidt, que assume o lugar do executivo francês-brasileiro na Renault trazendo em sua bagagem 20 anos de atuação na área comercial do setor automobilístico, com passagens pela Fiat e Volkswagen.

Em seu novo cargo, Pouillaude irá cuidar diretamente da imagem da marca no mundo e traçar seus objetivos. Ele responderá diretamente a Carlos Ghosn, presidente do Grupo Renault, e também a Patrick Pélata, vice-presidente executivo de operações da companhia.



Tags: Renault, Volkswagen, Carlos Ghosn, Christian Pouillaude, Gustavo Schmidt.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência