Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 20/01/2011 | 07h55

SHC e CAOA querem fábrica no Nordeste

Notícia está no Estadão desta quinta-feira.

Redação AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Cresce o interesse dos fabricantes de veículos em estabelecer unidades de produção no Nordeste do País. Depois da Fiat anunciar investimento de R$ 3 bilhões no Complexo de Suape para estruturar uma fábrica, que montará o sucessor do Mille, os grupos SHC (do empresário Sérgio Habib) e CAOA têm projetos para a região. A notícia está no Estadão desta quinta-feira, 20, assinada pela jornalista Cleide Silva.

A CAOA representa no Brasil a marca Hyundai, mas o interesse da empresa desta vez deve estar voltado para a marca BYD, com a qual mantém negociações há mais de um ano. O fundador e presidente da fabricante chinesa, que é produtora em larga escala de baterias veiculares de alta performance e tem no portifólio carros elétricos, confirmou o interesse em participar do mercado brasileiro.

Sérgio Habib, que em março promoverá a abertura simultânea de 46 revendas da JAC, para a comercialização de veículos chineses, terá que encontrar um caminho para se beneficiar de incentivos fiscais no Nordeste – o que certamente terá a ajuda de governos estaduais interessados. O mesmo desafio vale para a CAOA.

O regime automotivo para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste atraiu a Ford (Bahia), Troller (Ceará), Mitsubishi e Hyundai-CAOA (Goiás). As regras, que valeriam até 2010, foram prorrogadas para beneficiar as empresas já inscritas que investissem em novos projetos e tecnologia. A Fiat aproveitou a oportunidade, adquirindo a fabricante de autopeças TCA.

Com a possível instalação dos empreendimentos da CAOA e SHC no Nordeste, a região ganhará destaque no mapa da produção automotiva. A Ford, já presente em Camaçari, anunciou que tem planos para uma nova etapa de investimentos depois de 2015 (podem somar R$ 2,5 bilhões) quando terminar o ciclo atual, que recebe R$ 4,5 bilhões.

Foto: Sérgio Habib, do grupo SHC, pode ter fábrica da BYD no Nordeste.



Tags: SHC, CAOA, Ford, Fiat, Troller, Mitsubishi, BYD, Hyundai.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência