NOTÍCIAS
21/01/2011 | 00h00

Carreira

Conheça o novo presidente da Toyota

Nakanishi, economista, 55 anos, assume o lugar de Hasebe.


Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Shunichi Nakanishi, economista de 55 anos, já tem familiaridade com a operação brasileira da Toyota. Entre 1994 e 1997 ele já havia sido gerente da Divisão da TMC para as Américas, da qual tornou-se gerente geral em 2006. Há dois anos o executivo foi encarregado dos negócios para a América Latina e Caribe. Nesta sexta-feira, 21, ele assume formalmente a presidência da Toyota Mercosul, em cerimônia à noite no Hotel Hyatt, em São Paulo.

Nakanishi, substituto de Shozo Hasebe, que ficou cinco anos à frente da operação brasileira, esteve na Argentina no dia 18 de janeiro para uma visita à ministra da Indústria, Débora Giorgi. Na ocasião disse que tem planos importantes para o país vizinho e anunciou o projeto de nacionalizar 34 componentes da picape Hilux para substituir importações de US$ 20,7 milhões por ano, além de criar 979 postos de trabalho – 600 na montadora e 379 entre os fornecedores. A empresa elevará as exportações em 30% sobre 2010, que somaram US$ 1,3 milhão.

Uma semana antes a Toyota já havia apresentado à presidente da Argentina, Cristina Fernández, o plano para investir US$ 126 milhões no país. A fabricante pretende montar 92 mil unidades em 2011 (41% a mais do que no ano passado) e gerar exportações adicionais de US$ 377 milhões.

Durante o mandato como presidente da Toyota Mercosul, Shozo Hasebe esteve à frente de marcos históricos para a empresa, como a celebração dos 50 Anos da montadora no Brasil, o lançamento da décima geração do Corolla, a criação da Fundação Toyota do Brasil e o anúncio e início da construção da nova fábrica em Sorocaba, SP.

Shunichi Nakanishi, 55 anos, japonês, economista formado pela universidade de Tohoku (Japão), iniciou atividades na Toyota Motor Corporation em 1979. Segundo a empresa, sua principal missão será conduzir a Toyota Mercosul a uma grande expansão, a partir de 2012, com a entrada da empresa no segmento de carros compactos.


Comentários: 4
 

Giovane
16/10/2012 | 23h54
Tenho um Corolla XEI A/T 1.8L G Ano FAB./Mod 2008/2009 faturado em 02/10/2008 com as revisões realizadas nas concessionárias exceto à de 30.000 KM conforme o manual e sistema Toyota. Infelizmente aos 55165 KM a caixa de transmissão automática apresentou uma falha no sistema overdrive da quarta velocidade, sendo levado para a concessionária Toyota para manutenção. Onde o setor da engenharia através somente de diagnóstico gravado pelo setor de manutenção sem se quer retirou a caixa do veículo para avaliar o defeito prematuro, desta forma solicitou a substituição completa da caixa de transmissão representando um orçamento de 38% do valor do carro conforme a tabela FIPE. Deixando desta forma o cliente bastante insatisfeito com a postura que a Toyota do Brasil se posicionou.

José Zenildo Marques Neves
14/06/2013 | 21h34
Sr |Presidente- Há muito quero possuir um corolla. Por vezes procurei a autorizada Toyota - Carvalho & Filhos / João Pessoa - PB, porém, NUNCA FUI BEM ATENDIDO. O atendimento daquela autorizada é péssimo! As atitudes da Carvalho & Filhos estão a dizer: "por favor não me incomodem", ou, do tipo, "vocês não têm cara de gente que compra carro". Por conta do mau atendimento, adquiri outros veículos: Hyundai I-30 e TUCSON; FRONTIER NISSAN e, agora, no dia 13/06/2013, novamente, por conta do mau atendimento, deixei de comprar um COROLLA para comprar um HONDA CIVIL. Por conseguinte, sugiro a essa presidência um maior rigor à Carvalho e Filhos no tocante ao atendimento aos clientes, bem como providencie cursos de bom atendimento aos funcionários daquela autorizada em João Pessoa, orientando-lhes para um melhor atendimento às pessoas (humildes ou não), uma vez que, por trás de um humilde cliente pode estar, também, um comprador em potencial. Muito Obrigado!

Sergimar Morais de Almeida
18/01/2014 | 01h21
Precisamos de tecnologias de ponta e esse novo carro da Toyota será um grande concorrente de peso para forçar os modelos automobilísticos carroçais a dar o de melhor para nós brasileiros. Parabéns ao Portal Automotive Business pela divugação desses excelentes artigos que abre os olhos dos bons leitores.

osvaldo keim filho
22/01/2016 | 18h15
presado sr. presidente da Toyota Comprei um Etios novo em 2013 em niteroi rj,sg. o carro já trocou embreagem dois amortecedores duas balanças ar condicionado já esta na terceira bateria esta com 65000 km, quando comprei o banco direito onde esta gravado etio foi trocado. agora o banco esquerdo a parte do encosto estragou, fui lá na Toyota, para ver o que fazer me diseram para comprar na Casa e Video capas de banco no dia 18/01/2016 Atenciosamente (keim) Osvaldo keim filho

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 10/02/2016
Brasil tem o carro mais tributado e um dos mais baratos em dólares

Esta coluna é apoiada por:

DE CARRO POR AÍ | 12/02/2016
Empresa muda estratégia e terá estrutura menor para montar carros no Brasil
AUTOINFORME | 11/02/2016
Média das despesas com combustível e manutenção chega a R$ 1.186 por mês
Quanto mais bem-informados os colaboradores, mais fácil será atingir os objetivos da empresa
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
INOVAÇÃO | 13/01/2016
Um recurso eficaz é capaz de manter o fôlego e a atração de consumidores
QUALIDADE | 19/12/2015
É preciso buscar melhorias mesmo na crise
DISTRIBUIÇÃO | 04/12/2015
Empresas cometem erros em busca do caminho mais curto para o lucro
LEGISLAÇÃO | 07/10/2015
Incentivos fiscais onde a fraude aconteceu devem ser cancelados e devolvidos
Legislação | 14/08/2015
Alternativa às recuperações judiciais pode salvar empresas do setor
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
QUALIDADE | 30/01/2015
Períodos de retração trazem novas oportunidades para as empresas
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes