Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Automóveis e Comerciais Leves | 01/02/2011 | 18h24

VW recupera liderança

Marca garantiu 23,7% de participação em janeiro.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A Volkswagen começou o ano na liderança de vendas de veículos leves depois de passar 2010 longe da primeira posição. A montadora comercializou 54.551 unidades e garantiu 23,7% de participação no mercado.

A Fiat vendeu 46.625 veículos e ficou com 20,2% de market share. A General Motors ficou em terceiro lugar, com 41.159 unidades e 17,9% do mercado, e a Ford vendeu 22.951 e teve participação de 9,9%.


Confira quais foram os modelos mais vendidos:

Veículos de entrada
VW Gol - 23.061 unidades
Fiat Uno - 16.913 unidades
GM Celta – 8.197 unidades

Hatch Pequeno
VW Fox/Crossfox – 11.408 unidades
Ford Fiesta – 6.549 unidades
GM Agile – 5.837 unidades

Hatch Médio
Hyundai i30 – 3.140 unidades
Ford Focus – 2.581 unidades
Fiat Punto – 1.838 unidades

Sedan Pequeno
GM Corsa – 8.815 unidades
Fiat Siena – 6.580 unidades
VW Voyage – 6.165 unidades

Sedan Compacto
Honda City – 2.228 unidades
Peugeot 207 – 1.417 unidades
VW Polo – 1.127 unidades

Sedan Médio
Toyota Corolla – 3.458 unidades
Honda Civic – 1.913 unidades
Kia Cerato – 1.262 unidades

Sedan Grande
Hyundai Sonata – 624 unidades
Hyundai Azera – 472 unidades
GM Malibu – 203 unidades

SW Médio
VW Space Fox – 2.148 unidades
Fiat Palio Wekeend – 1.330 unidades
VW Parati – 417 unidades

SW Grande
Renault Megane GT – 383 unidades
VW Jetta Variant – 103 unidades
VW Passat Variant – 22 unidades

Fonte: Fenabrave.



Tags: venda, Volkswagen, VW, Fiat, GM, Ford, ranking de venda, carro, veículo, liderança, Fenabrave.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV