Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 04/02/2011 | 07h20

NTC&Logística quer recomposição de fretes

Tarifas estão defasadas em 14,15%.

Redação AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A NTC&Logística reconhece que o setor de transporte rodoviário de carga avançou em 2010, com as empresas registrando um crescimento de 15%, mas alerta que não há motivo para comemoração. É que pesquisa realizada pelo Departamento de Custos Operacionais, Estudos Técnicos e Econômicos da entidade detectou que o frete ainda continua defasado em 14,15%.

A NTC&Logística lembra que vem alertando os associados para os efeitos deletérios do aviltamento do frete desde 2007, como o sucateamento da frota nacional de caminhões, o alto índice de acidentes envolvendo veículos de carga, a elevada emissão de poluentes e a média salarial do setor.

“Como se não bastasse a cobrança de fretes abaixo dos custos, a pesquisa indicou que algumas transportadoras, simplesmente, abrem mão de componentes tarifários essenciais”, escreve a entidade em seu portal, esclarecendo que o transporte de carga deve enfrentar, no futuro próximo, grandes desafios -- sendo o principal e mais preocupante o de atrair anualmente cerca de 120 mil pessoas para a profissão de motorista.

Com base nesse cenário a NTC&Logística enfatiza a necessidade imediata e urgente de colocar um paradeiro na atual defasagem tarifária: o percentual médio de 14,15% seria apenas o mínimo desejável para equilibrar receitas e despesas e as empresas do setor que deveriam abrir mão, sob qualquer pretexto, do ressarcimento de custos significativos cobertos pelos demais componentes tarifários como o frete-valor, o GRIS, a cubagem e as generalidades.



Tags: NTC&Logística, transporte de carga, fretes.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência