Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 11/02/2011 | 11h58

Embraer pode desenvolver avião militar com Índia



Clarissa Mangueira, Agência Estado

Clarissa Mangueira, Agência Estado

A Embraer pode desenvolver, em parceria com a Índia, um avião turboélice de treinamento básico, com o objetivo de atender a potencial demanda das forças aéreas de ambas as nações, afirmou hoje o vice-presidente para o Mercado de Defesa da companhia, Orlando Neto. A Embraer também espera ganhar em breve um contrato com a Índia para fornecer nove aeronaves multimissão (capazes de atuar em missões variadas, como vigilância, bloqueio eletrônico e de comunicação e transporte de autoridades), revelou o executivo.

A companhia está entre as inúmeras empresas de defesa que participam do evento Aero Índia Show, na esperança de que o país asiático compre mais armas, aeronaves e outros equipamentos para as forças armadas. O orçamento militar da Índia é de US$ 32,150 bilhões no atual ano fiscal até março.

Segundo Neto, a Força Aérea Brasileira (FAB) tem entre 100 e 150 aeronaves turboélice de treinamento fabricadas pela Embraer, que precisarão ser renovados ou substituídas por um avião novo de treinamento em 2018. "Assim, teremos também um espaço para a substituição. Por isso, há espaço para desenvolver e produzir em parceria um avião de treinamento básico", disse Neto. "Os dois países podem gastar, provavelmente, o dinheiro de maneira igual e produzir cerca de 100 a 150 aviões, cada um."

O executivo afirmou que a companhia mantém "discussões contratuais" sobre uma proposta de aquisição do país de nove aviões multimissão. A Embraer ofereceu a plataforma da aeronave Legacy para o negócio. "Estamos na fase final das discussões", afirmou.

Segundo ele, a Embraer entregará o primeiro de três jatos Embraer 145 que a Índia encomendou no segundo semestre deste ano. As aeronaves serão utilizadas para inteligência, vigilância e missões de reconhecimentos pela Força Aérea da Índia. A Embraer fechou um contrato de US$ 250 milhões em 2008 para fornecer os três jatos à Índia. Segundo o executivo, os outros dois jatos serão entregues no início de 2012.

Neto disse que há a possibilidade de a Embraer exportar 145 aviões equipados com um radar de alerta desenvolvido pela Índia para outros países. "Nós vemos espaço para as exportações", destacou o executivo. "Este produto vai atrair a atenção de outras nações na região (da Ásia e Pacífico) e de outros lugares." As informações são da Dow Jones.



Tags: Embraer, aviação, avião militar, Índia, FAB, Aero Índia Show, defesa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência