Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Insumos | 04/03/2011 | 08h44

Lucro da Gerdau caiu 35% no 4º trimestre

Receita líquida aumentou 23%, para R$ 7,8 bilhões.

Chiara Quintão, Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Chiara Quintão, Agência Estado

A siderúrgica Gerdau anunciou hoje uma queda de 35% em seu lucro no quarto trimestre do ano passado, para R$ 420 milhões, na comparação com o mesmo período de 2009. Os dados foram apresentados no padrão contábil internacional (IFRS). No mesmo período, a receita líquida aumentou 23%, para R$ 7,8 bilhões. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) caiu 35%, para R$ 815 milhões.

No acumulado de 2010, a Gerdau registrou expansão de 144% no lucro líquido, para R$ 2,457 bilhões. A receita líquida subiu 18%, para R$ 31,393 bilhões, enquanto o Ebitda aumentou 36%, para R$ 5,201 bilhões.

O diretor-presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, afirmou que a companhia está estudando a exploração comercial de ativos de mineração. A siderúrgica ainda não decidiu se a "monetização" desses ativos incluirá a entrada de parceiros, de quanto serão os investimentos e qual será o cronograma para a exploração comercial.

A Gerdau informou hoje que seus recursos minerais medidos, indicados e inferidos somam, atualmente, 2,9 bilhões de toneladas de minério de ferro, ante 1,8 bilhão de toneladas divulgado anteriormente. Segundo a companhia, a elevação se deve às novas avaliações de volumes e teor de ferro dos recursos minerais realizadas recentemente e à aquisição adicional de áreas de terra.



Tags: Gerdau, siderurgia, aço, balanço financeiro.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência