Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 08/03/2011 | 19h50

Uma revolução industrial em Pernambuco

Folha Online diz que estado é locomotiva do Nordeste.

Automotive Business

Automotive Business, com informações da Denso, Fiat e Folha Online

Agnaldo Brito escreve na Folha Online que Pernambuco é a nova locomotiva do Nordeste, com a injeção de R$ 46 bilhões em investimentos públicos e privados até 2014.

Além de duas obras gigantes no interior para transposição do rio São Francisco e construção da Ferrovia Transnordestina, a evolução do complexo industrial e portuário de Suape, 40 km ao sul do Recife, sintetiza a nova dinâmica econômica do Estado, cujo PIB evoluiu 15,78% em 2010. Frederico Amânio, vice-presidente de Suape, disse ao jornalista que 120 empresas estão instaladas, 30 estão em construção e há 20 na fila até 2014.

A General Motors escolheu Suape como ponto estratégico para suas operações logísticas no Nordeste, utilizando a área portuária para desembarque de veículos. Mas a Fiat Automóveis foi mais longe, destinando R$ 3 bilhões para produzir até 200 mil veículos por ano a partir de 2014. A marca vai montar veículos compactos e atrair diversos fornecedores para a área de sua fábrica.

A Fiat Powertrain já admitiu que deverá ter uma fábrica em Suape, para atender a produção de motores. A Denso Sistemas Térmicos do Brasil também pretende implantar uma unidade na região. “Ainda não há nada definido, mas quando a Fiat for para Pernambuco, gostaríamos de segui-la”, disse o presidente Guiseppe Zippo ao repórter Alexandre Carneiro Soares, em entrevista para Automotive Business.



Tags: Suape, Pernambuco, PIB, Fiat Automóveis, Denso, Fiat Powertrain.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência