Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Insumos | 10/03/2011 | 18h25

Preços das commodities aumentaram 4,73% em fevereiro

Índice do Metal, que inclui minério de ferro, teve alta de 26,9% nos últimos 12 meses.

Stênio Ribeiro, Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Stênio Ribeiro, Agência Brasil

O Índice de Commodities (IC-Br), medido pelo Banco Central (BC), aumentou 4,73% no mês de fevereiro, em relação a janeiro, e acumula reajuste de 38,82% em 12 meses.

O dado se refere a uma cesta de produtos básicos com cotação mundial, negociados pelo Brasil no exterior, e identifica as variações de preços no mercado internacional para mensurar seus efeitos na inflação interna.

Dividido em três subíndices, o indicador criado pelo BC mostra que a maior alta ocorreu no IC-Br Agropecuário (carnes de boi e de porco, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, café e milho) que cresceu 7,03% no mês passado e acumula 54,65% em 12 meses.

Com menor impacto na inflação, o IC-Br Metal (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel) apresentou alta de 4,51% em fevereiro, e nos últimos 12 meses acumula reajustes de 26,90%.

Por último, o IC-Br Energia – que monitora os preços de petróleo brent, gás natural e carvão – registrou deflação de 1,34 no mês passado, depois de ter contribuído com elevação de 3,35% em janeiro. Dos três subíndices, é o que teve melhor comportamento de preços nos últimos 12 meses, com reajustes acumulados de 11,66%.

Todos, porém, ficaram muito acima da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que acumula 6,01% nos últimos 12 meses, de acordo com números divulgados na semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



Tags: commodities, preço, índice, IC-Br, minério de ferro, alumínio, alta.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência