Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia e Engenharia | 17/03/2011 | 06h58

FEI expõe veículos no Conjunto Nacional

Velocult apresenta o X-20 e o X-16.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

O X-20, um roadster ousado e inovador, e o X-16, supereconômico, desenvolvidos no Centro Universitário da FEI, estarão expostos na 2ª Semana Cultural de Velocidade (Velocult) de 15 de março a 2 de abril, no Conjunto Nacional, em São Paulo.

Criada pelo designer e artista Paulo Soláriz, a Velocult quer resgatar a história do automobilismo brasileiro. A mostra reunirá carros como a carreteira nº 18, de Camilo Christófaro, e Willys Interlagos nº 22, de Bird Clemente. A exposição é aberta ao público.

A carroceria do FEI X-20 foi gerada diretamente do desenho do computador, por meio de um avançado sistemas de simulação matemática, eliminando a necessidade de modelagem de protótipos. O carro tem chassi de alumínio, presente também no aro das rodas, partes da transmissão e bloco do motor V8, utilizado no superesportivo norte-americano Corvette Z06.

Capaz percorrer até 500 km com 1 litro de gasolina, o FEI X-16 é um monobloco, em que até o banco do piloto faz parte da estrutura do veículo, construído em resina epóxi e reforçado com fibra de vidro e carbono. Além do design inédito, o carro tem sistema de injeção direta e um dispositivo automático que controla o motor: a 45km/h o motor desliga e volta a funcionar aos 15km/h. Desenvolvido por alunos da FEI em parceria com o IPEI, o supereconômico utiliza motor ciclo Otto, de 4 tempos, de 2,5 HP e 50 cm3.



Tags: FEI, X-20, X-16, engenharia, Velocult, Bird Clemente, Camilo Christófaro, Willys Interlagos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência