Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Automóveis e Comerciais Leves | 29/03/2011 | 22h23

Empresas reabrem no Japão com falta de peças

Na Toyota há escassez de 500 componentes.

Agência Estado

Clarissa Mangueira, Agência Estado

Várias empresas estão retomando as atividades no Japão, mesmo com a dificuldade de encontrar peças e outros suprimentos no mercado local. Inúmeras companhias tiveram que suspender as atividades após o terremoto e o tsunami que atingiram o país no dia 11 de março.

Entre as empresas japonesas do setor automotivo, a Suzuki afirmou nesta terça-feira, 29, que diante das perspectivas pouco claras para a aquisição de peças, planeja retomar a operação de uma das suas três fábricas de montagem de automóveis nacionais quarta-feira e de outras duas na quinta-feira. A companhia irá definir os cronogramas de produção a partir de sexta-feira.

A Toyota afirmou que está encontrado dificuldades para obter 500 tipos de autopeças, entre dispositivos eletrônicos e produtos de borracha e resina necessários para a fabricação dos veículos. Por conta disso, a companhia não conseguiu prever quando todas as suas linhas de produção serão retomadas, afirmou um porta-voz.

A Toyota retomou a produção doméstica de peças de reposição em 17 de março e de peças para produção no exterior no dia 21. Além disso, as operações de montagem dos modelos híbridos Prius, Lexus HS250h e Lexus CT200h recomeçaram ontem.

A Honda Motor, a terceira maior montadora do Japão em volume, afirmou que manterá a suspensão de suas operações de montagem até domingo. Já o executivo-chefe da Nissan Motor, Carlos Ghosn, declarou que a companhia reiniciará suas atividades de produção na fábrica de motores Iwaki, em Fukushima, severamente atingida pelo terremoto, só partir de meados de abril. As informações são da Dow Jones.



Tags: Autopeças, veículos, Toyota, Prius, Lexus, Honda, Nissan.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência