Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Importadores obtêm leve alta de 4,2% em julho

Mercado | 08/08/2017 | 20h45

Importadores obtêm leve alta de 4,2% em julho

Mas queda das vendas no acumulado do ano ainda supera os 25%

REDAÇÃO AB

As 17 marcas filiadas à Abeifa, entidade que reúne importadores de veículos, venderam no mês de julho 2,7 mil unidades, registrando pequena alta de 4,2% sobre o mês anterior. No acumulado do ano, os 16 mil automóveis e comerciais leves importados vendidos por essas empresas anotaram uma queda expressiva de 25,7% em relação aos mesmos meses de 2016, um período bastante ruim.

“É verdade que os consumidores estão retraídos, mas, no caso dos importados, isso se deve ao regime de exceção, no qual as associadas estão limitadas à cota de até 4,8 mil unidades por ano”, afirma o presidente da Abeifa, José Luiz Gandini, referindo-se ao número máximo de veículos que podem ser trazidos por empresa sem o adicional de 30 pontos porcentuais de IPI.

- Veja aqui o desempenho das associadas
- Veja aqui outros dados da Abeifa
-Veja outras estatísticas em AB Inteligência

O desempenho da Kia ilustra bem a dificuldade imposta pela cota de 4,8 mil unidades: nos sete meses a marca emplacou 4,7 mil veículos, 100 abaixo do limite para o ano. A análise por marca mostra também que a JAC Motors cresceu 21,4% com a ajuda da opção automática CVT do utilitário esportivo T5. Essa alta vai se acentuar ainda mais até o fim do ano com o recém-chegado T40 (veja aqui). Outra chinesa, a Lifan, recuou 27,1%, mas deve se recuperar até o fim do ano porque seu utilitário esportivo X60 também recebeu opção CVT.

A participação das associadas à Abeifa foi de 2,54% do mercado total de automóveis e comerciais leves (178.847 unidades). No acumulado, o market share foi de 2,17% (25.437 unidades, do total de 1.170.427 unidades).

Se considerado o total de veículos importados, com a soma daqueles trazidos também pelas montadoras, as associadas responderam no acumulado do ano por 12,4% (16 mil veículos, do total de 29,4 mil importados).

LAND ROVER E CHERY PUXAM PRODUÇÃO LOCAL

As associadas à Abeifa que também fabricam no País (BMW, Chery, Land Rover, Mini e Suzuki) fecharam julho com 1.828 mil unidades montadas, anotando alta de 1,4% sobre junho. No acumulado do ano essas associadas somaram 9,4 mil veículos e cresceram 49,1%. O total foi inflado pelos números da Jaguar Land Rover, cuja fábrica, em Itatiaia (RJ), só começou a produzir em junho de 2016.

Também houve impulso da Chery, que nestes sete meses fabricou 1,7 mil unidades em Jacareí, mil a mais do que nos mesmos meses de 2016.



Tags: Abeifa, importados, José Luiz Gandini, IPI, Kia, JAC Motors, Chery, Jaguar, Land Rover.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência