NOTÍCIAS
11/09/2017 | 17h51

AB

Participe da pesquisa Presença Feminina na Indústria

Projeto vai gerar dados inéditos sobre a participação da mulher no setor


REDAÇÃO AB

Está no ar a pesquisa Presença Feminina na Indústria Automotiva, que vai gerar conhecimento sobre a participação da mulher nessa indústria, além de mapear as empresas com as melhores práticas para promover a igualdade de gênero internamente. O levantamento deve ser respondida pelos responsáveis pela área de Recursos Humanos de companhias da cadeia automotiva, como fabricantes de insumos, autopeças e montadoras de veículos.

- Clique aqui para responder a pesquisa
- Conheça o projeto Presença Feminina na Indústria Automotiva

A pesquisa é a primeira etapa do projeto. Estas informações inéditas trarão um retrato da presença das mulheres desde a linha de produção até a liderança, indicando os benefícios e gerados por elas às empresas, além de apontar os desafios para ampliar esta participação. Os dados, além de relevantes para a sociedade e a economia, poderão ser usados por gestores de RH para desenhar políticas de contratação e retenção de talentos.

2ª ETAPA: DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

O objetivo do projeto é entender quais espaços as profissionais do sexo feminino já conquistaram, os avanços mais relevantes, além de identificar as empresas que desenharam medidas e estão na vanguarda para equacionar questões de gênero internamente. Para isso, a iniciativa conta com duas fases. Passada a pesquisa, em 2018 começa a etapa de debate dos resultados para aprofundar a análise dos números e apontar caminhos para avançar.

A discussão será feita com o Grupo de Influência do projeto Presença Feminina na Indústria Automotiva. Trata-se de um time de especialistas do setor automotivo e de outros segmentos que trarão ponto de vista rico e diverso sobre equidade de gênero.

Entre as pessoas que integram este grupo estão Ana Theresa Borsari, diretora geral de Peugeot e única mulher no comando de uma marca de carros no Brasil, Neuraci Carvalho, diretora executiva da área de negócio de motores da Cummins América Latina, além de Maria José Tonelli, pesquisadora de gênero da Fundação Getúlio Vargas, e uma série de outros nomes com autoridade no assunto. A ideia é gerar conteúdo e formatar o relatório final do projeto, que será amplamente divulgado a partir de março de 2018.

IGUALDADE DE GÊNERO É QUESTÃO ECONÔMICA

Como principal veículo de comunicação voltado à liderança da indústria automotiva, é parte do papel de Automotive Business colocar em pauta e discutir a necessária promoção da igualdade de gênero nestas empresas. Na visão da editora, o debate sobre a presença da mulher na indústria pode torna-la mais diversa no futuro e, com isso, mais plural, lucrativa e atrativa para jovens talentos.

O setor automotivo responde por quase 25% do PIB industrial brasileiro. A maior presença feminina representaria participação mais ampla da sociedade na economia. Esta evolução também converge para a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, elaborada pela ONU. Levantamento da McKinsey & Co mostrou que melhorar a igualdade de gênero adicionaria US$ 12 trilhões à economia global, movimentando os negócios e estimulando o crescimento.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.