NOTÍCIAS
10/11/2017 | 18h49

Tecnologia

Ford testa exoesqueleto em tarefas repetitivas

Equipamento reduz esforço de operadores na linha de montagem


REDAÇÃO AB

Eksovest reduz o esforço e possibilidade de afastamentos
A Ford está testando em sua fábrica de Michigan (EUA) um exoesqueleto que se veste como um colete e reduz a fadiga e a possibilidade de lesões dos operadores da linha de montagem. Produzido pela Ekso Bionics, o Eksovest ajuda a realizar movimentos acima da cabeça que em algumas linhas de montagem pode ser repetido 4,6 mil vezes por dia ou cerca de 1 milhão de vezes por ano, elevando a possibilidade de lesões por esforço repetitivo e afastamentos.

“Meu trabalho envolve montar peças no alto e, quando chego em casa, minhas costas, pescoço e ombros costumam doer. Mas desde que que comecei a usar o colete a situação melhorou e tenho mais energia para brincar com meus netos quando chego em casa”, afirma o operador da unidade de Michigan, Paul Collins.

“Trabalhar em parceria com a Ford nos permitiu testar e aprimorar protótipos iniciais do Eksovest usando dados coletados diretamente dos operadores da linha de montagem”, afirma o cofundador e diretor de tecnologia da Ekso Bionics, Russ Angold. Os testes são realizados com o apoio da Ford e também do UAW, sindicato dos trabalhadores da indústria automotiva norte-americana.

A Ekso Bionics nasceu em 2005 e os equipamentos que desenvolve ampliam a força, resistência e mobilidade. Também recebem aplicações medicinais e militares. A BMW também vem investindo em exoesqueletos e pequenos robôs em suas fábricas como forma de melhorar o ambiente de trabalho (veja aqui).

Assista ao vídeo que demonstra o uso do exoesqueleto:


Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.