Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
PSA firma joint venture para a montagem de veículos na Namíbia

Internacional | 12/03/2018 | 16h05

PSA firma joint venture para a montagem de veículos na Namíbia

Serão produzidos os modelos Opel GrandlandX e Peugeot 3008 a partir do segundo semestre deste ano

REDAÇÃO AB

O Grupo PSA e o governo na Namíbia assinaram um acordo para a criação de uma joint venture com a Namibia Development Corporation (NDC) para a montagem de veículos a partir do segundo semestre deste ano. Pelo acordo serão montados inicialmente os modelos Peugeot 3008 e Opel GrandlandX, com possibilidade de integrar novos modelos de acordo com a demanda local. A meta, de acordo com o Grupo PSA, é alcançar as 5 mil unidades produzidas em 2020. O empreendimento abastecerá os países da região Sacu, União Aduaneira da África Austral, que compreende a Namíbia, África do Sul, Botsuana, Lesoto e Suazilândia.

O anúncio está de acordo com o plano Push to Pass, que entre outras medidas prevê a expansão do Grupo PSA, incluindo a produção local de 70% do volume de veículos dedicados aos mercados do Oriente Médio e África. A empresa não divulgou o valor do investimento para a nova joint venture. Também beneficia a Opel em seu plano estratégico Pace!, implementado em novembro do ano passado e que visa ao desenvolvimento da marca na região, entre outras metas.

“Esse investimento na Namíbia faz parte da estratégia de longo prazo do Grupo PSA para aumentar suas vendas na África e no Oriente Médio, com o objetivo de vender um milhão de veículos em 2025”, acrescenta o vice-presidente executivo do grupo para a região do Oriente Médio e África, Jean-Christophe Quémard.



Tags: Grupo PSA, PSA, joint venture, Namíbia, Opel, Peugeot, 3008.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência