Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Delphi Technologies faz reapresentação na Automechanika
O estante da Delphi na Automechanika Frankfurt: mudança no logo, na cor e ampliação de foco no mercado de reposição

Aftermarket | 15/09/2018 | 13h28

Delphi Technologies faz reapresentação na Automechanika

Após a divisão da empresa em duas em 2017, apenas uma vai explorar o aftermarket de peças

PEDRO KUTNEY, AB | De Frankfurt (Alemanha)

O que era vermelho, ficou azul, e o nome ganhou novo logotipo e um sobrenome. Assim a Delphi Technologies fez sua reestreia na Automechanika Frankfurt, após a separação de negócios da companhia no ano passado que criou duas empresas independentes: de um lado foi lançada a Aptiv, com especialidade em arquitetura eletroeletrônica fornecida quase que exclusivamente às fabricantes de veículos, enquanto a Delphi ficou com os sistemas de powertrain e será a única das duas com presença no aftermarket. A Aptiv sequer montou estande na Messe Frankfurt.

“É porque quase não fornece peças de reposição, nós ficamos com quase todos os produtos para esse mercado”, explicou Amaury Oliveira, diretor executivos de aftermarket para América do Sul da Delphi Technologies, que apesar da cisão continua atuando nos mesmos segmentos de antes, tanto no fornecimento direto às linhas de montagem (OEM) quanto para o aftermarket. No maior evento global do gênero, que este ano atraiu para a Messe Frankfurt o recorde de mais de 5 mil expositores de 76 países e algo como 135 mil visitantes (leia mais aqui), a empresa aproveitou a amplitude da Automechanika para se reapresentar ao público do mercado de reposição.

Com a sofisticação dos sistemas automotivos que estão levando os veículos a incorporar cada vez mais conectividade, eletrificação e direção autônoma, a aposta é que em futuro não muito distante só empresas que fornecem esses mesmos itens às montadoras poderão dominar com qualidade o fornecimento para manutenção e reparos. Segundo Alex Ashmore, presidente global da divisão de aftermarket da Delphi Technologies, afirma que a intenção é usar essa parceria tecnológica com os fabricantes de veículos para fortalecer a reputação da (nova) marca na reposição, como fornecedor de peças OE que investe 8% de seu faturamento anual em pesquisa e desenvolvimento de produtos.

“Como um dos principais fabricantes de equipamentos originais, temos compreensão detalhada das novas tecnologias que entrarão nas oficinas muito em breve. Mas o mercado de reposição em si também tem seu próprio roteiro tecnológico, com atualizações e informações na nuvem, sistemas de diagnóstico complexos e muito mais, que também temos de atender”, destacou Ashmore.



Segundo o executivo, o aftermarket representa cerca de 20% das receitas da Delphi Tecnologies, cerca de € 800milhões, e a expectativa é que esse valor crescerá 3% ao ano, para alcançar € 1,2 bilhão até 2030. Para isso a empresa investe em apresentar novidades, para aproveitar melhor as oportunidades nas faixas de produto onde atual: basicamente, sistemas de injeção de combustível, eletrônica de potência e sistemas de gerenciamento eletrônico, eletrificados e totalmente elétricos, para veículos leves e pesados.

Entre as novidades na Automechanika, a Delphi apresentou nova cobertura de sensores, novos aparelhos de diagnóstico via OBD e lançou serviços de manutenção para sistemas de injeção direta a gasolina, aproveitando a larga experiência que já tem na Europa com injetores e distribuição comom rail para motores diesel. Com o crescimento da adoção dessa tecnologia para carros flex também no Brasil, a empresa não descarta passar a oferecer serviço parecido na rede de cerca de 600 pontos de atendimento autorizado no País. “Se existir demanda vamos fazer”, diz Amaury Oliveira.

Segundo ele, no Brasil a Delphi tem 32 linhas de produtos para o aftermarket e giro 3,5 mil peças de reposição por mês no mercado brasileiro, com crescimento no negócio de dois dígitos porcentuais ao ano e maior representação no faturamento do que a média global da companhia de 20%. Isso ocorre devido à característica local de duração mais longa da vida útil dos carros.



*Esta cobertura é oferecida pela Delphi Technologies
O jornalista viajou a convite da Messe Frankfurt




LEIA MAIS SOBRE A AUTOMECHANICA FRANKFURT 2018



Automechanika Frankfurt chega a 25 edições com recordes
Empresas brasileiras fortalecem exportações e presença internacional na Automechanika
Revolução digital nos veículos chega rápido ao aftermarket
Fras-le compra seis empresas em um ano e avisa: quer mais
ZF apresenta conceito de conversão de ônibus diesel em elétrico
ZF avança no Brasil com canais digitais e Openmatics
Zen recebe prêmio por aumento de eficiência



Tags: Delphi Tecnologies, Automechanika Frankfurt 2018, autopeças, mercado de reposição, aftermarket, oficina, reparação, Aptiv, Messe Frankfurt.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência