Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford e Jaguar Land Rover anunciam demissões em massa na Europa
Fábrica da Ford na Turquia, onde é produzida a van Transit: empresa disse que deixará de atuar no mercado de multivans na região europeia

Internacional | 10/01/2019 | 17h04

Ford e Jaguar Land Rover anunciam demissões em massa na Europa

Medidas visam a reestruturação financeira e redução de custos operacionais na região

REDAÇÃO AB

A Jaguar Land Rover anunciou na quinta-feira, 10, que cortará 5 mil postos de trabalho no Reino Unido, enquanto a Ford comunicou um processo de reestruturação na Europa, que inclui a demissão de milhares de pessoas, sem informar com detalhes quantos postos de trabalho serão encerrados.

No caso da Ford, o plano prevê que a montadora deixará mercados não lucrativos e descontinuar linhas de veículos deficitários. O foco, segundo a empresa, é obter uma margem de lucro operacional na Europa de 6%. Entre as medidas, a marca deixará o de atuar no segmento de multivans, além de parar de fabricar transmissões automáticas em Bordeaux com data prevista para agosto. Também diz que vai rever suas operações na Rússia e combinar a sede da Ford no Reino Unido com a sede da Ford Credit, braço financeiro da companhia no mercado europeu.

“Estamos tomando ações decisivas para transformar os negócios da Ford na Europa”, disse Steven Armstrong, vice-presidente para Europa, Oriente Médio e África. O executivo não deu detalhes sobre o número de cortes de empregos, que ainda dependem de negociações com líderes sindicais, mas afirmou que as demissões serão na casa dos milhares. “A Ford tem como objetivo obter o máximo de redução de custos trabalhistas que for possível por meio de demissões voluntárias na Europa”, informou.

Atualmente, a companhia emprega 53 mil funcionários no Velho Continente, onde tem enfrentado dificuldades para atingir o lucro. No terceiro trimestre de 2018, a marca registrou prejuízo de € 245 milhões (antes de juros e impostos). O balanço financeiro do ano passado ainda não foi publicado.

Por sua vez, a Jaguar Land Rover emprega aproximadamente 40 mil trabalhadores no Reino Unido. As demissões fazem parte de um projeto de estabilização da montadora, que visa reduzir até £ 2,5 bilhões os custos ao longo dos próximos anos. A medida é impulsionada pela retração das vendas em alguns segmentos, mas também pela baixa das vendas na China, onde os negócios caíram 50% nos últimos meses.



Tags: Ford, Jaguar, Land Rover, demissões, Europa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência