Automotive Business
  
News Mobility Now

Opinião | Ana Tissoni |

Ver todas as opiniões
Ana Tissoni

08/06/2021

Como será a realidade dos eventos automotivos pós-pandemia

Ideias como a realização de eventos híbridos podem aumentar alcance e gerar novas oportunidades com clientes





A pandemia da SARS-CoV-2 refletiu em todo o setor de eventos, seja do segmento automotivo ou não. As consequências seguem sendo atuais de maneira mundial, e em países como o Brasil, ainda é impossível retomar as atividades. A partir disso, como ficam os eventos automotivos pós pandemia, e todo o mercado de feiras? Separamos algumas referências que podem ser adotadas e ampliadas, de acordo com a realidade e o cenário de cada indústria. Acompanhe!

OPORTUNIDADES CRUCIAIS PARA ADAPTAÇÃO AOS EVENTOS



Antes de mais nada, inovação é a primeira palavra. Neste caso, a inovação parte do digital e permeia pelas oportunidades que os meios online oferecem. Ou seja, a dica é repensar as estratégias de comunicação e formatos de impactar clientes e visitantes.

Em segundo lugar, nessa mesma linha de raciocínio, pensar em replanejamento é fundamental. Se presença física era o foco, agora a presença digital faz parte deste novo momento. Primeiramente, é importante recapitular os debates que antes eram essenciais nos eventos físicos. E, agora, olhar com mais atenção para o mercado e a economia.

Em terceiro, experiência! Eventos como a FENATRAN e a AUTOMEC já tinham como princípio iniciativas experimentais para visitantes e expositores. Não é à toa que ambas são líderes nos seus setores de atuação, mas que agora, também precisaram se reinventar para seguir ocupando o primeiro lugar de quem frequenta a feira.

Por último, a lembrança de marca, e talvez um “rebranding”. Ou seja, se apresentar ao mercado com um novo formato, como o híbrido, por exemplo.

Leia mais:

Fenatran 2021 terá formato digital e presencial com retomada robusta da economia

Ambiente digital da Automec estreia em junho e vai promover negócios do aftermarket automotivo

AS VANTAGENS DE UM EVENTO HÍBRIDO NO PÓS-PANDEMIA



No resumo, os eventos híbridos se caracterizam por evento presencial, com transmissão virtual ao vivo, e tem ganhado destaque no mercado de eventos.

Essa iniciativa já é conhecida no setor há três anos, no entanto, cerca de 30% de profissionais do setor de eventos não possuem ideia clara do que significa esse novo formato. Os resultados são da Swapcard (plataforma para eventos virtuais), que entrevistou cerca de 360 pessoas para chegar ao resultado dessa pesquisa.

No momento atual, tais pesquisas têm sido essenciais para nortear o futuro do mercado de eventos pós pandemia. Em uma delas, divulgado pela mobLee e pela SSK Análises, em parceria da VM Consultoria, cerca de 76% dos entrevistados já enxergam que esse modelo – híbrido – será cada vez mais utilizado.

Em aspas retiradas do site mobLee, Silvana Torres, Sócia Fundadora da Mark Up, marca responsável por seu case de sucesso com o modelo de evento híbrido, comenta: “Já estamos vivendo há algum tempo uma verdadeira revolução digital que tem direcionado o mundo da comunicação”.

Segundo ela, o cenário não é diferente com a disciplina de eventos e as oportunidades e desafios proporcionarão a evolução da área.

Leia mais sobre a pesquisa clicando aqui.

Como resultado disso, separamos alguns dos principais benefícios de apostar neste modelo.

1. Maiores chances de alcance

Além de aumentar suas oportunidades através de um evento híbrido, a inovação traz a oportunidade de aumentar seu alcance.

Por exemplo, conforme indicado no começo do texto, se pensarmos em organização, automaticamente refletimos o marketing e, afinal, por que não investir ainda mais em mídia paga e alavancar suas oportunidades?

Isso, é claro, aumentará além do alcance, também a participação de outros visitantes, e a variedade do seu público de maneira regional – ou até mesmo mundial –.

Um exemplo claro tem sido o alcance da FENATRAN com suas ações digitais. Nos últimos dias 25 e 26 de maio, o evento alcançou 1.3 milhão de pessoas apenas com webinars.

2. Geração de conteúdo

Alguns eventos, não só os automotivos, costumam conversar com o seu público somente próximo ou durante o acontecimento. Essa prática, além de não indicada, “esfria” a sua comunicação através das redes sociais, demorando mais tempo para alcançar o público.

Um modelo híbrido, por sua vez, dá a oportunidade de gerar conteúdo durante 365 dias do ano. A prática já é adotada pela FENATRAN e a AUTOMEC, que durante todo o ano oferecerão 4 eventos exclusivos para o setor, além de gerar conversas semanais com toda a sua base de contatos.

Como resultado, se obtém a garantia de crescimento orgânico e o conhecimento cada vez mais profundo do seu público.

3. Aumento de oportunidades e prospecção para o evento e seus clientes/expositores

E se falamos em crescimento, falamos também de geração de leads e cada vez mais oportunidades para seus clientes.

Afinal, do que é feito o evento híbrido além de seus organizadores? Claramente é necessário pensar em patrocínio, participação ativa de players do mercado e inscritos; que futuramente convertem em participantes.

Em suma, ações para adaptar seus formatos de divulgação e alcance, criação de conteúdo, réguas de relacionamento e organização, trarão a garantia de sucesso.

E enquanto não se pode realizar grandes entregas físicas, que contemplem todo o setor através dos eventos, as necessidades do mercado são atendidas de forma virtual.

Recentemente a FENATRAN iniciou seu calendário digital de 2021, através da Rota Digital, com o LINK SUMMIT FENATRAN.

Já a AUTOMEC garantiu a plataforma Automec 365 como uma extensão da feira física, e o calendário de ações virtuais está programado para os dias 8 e 9 de junho.

Ambos conectados, preparados e reforçados a acompanhar as necessidades do setor. Como resultado, os eventos automotivos pós pandemia já tem a cara do digital.

Quer saber como participar das feiras e ter conhecimento sobre essas iniciativas? Participe dos eventos Fenatran (clique aqui) e Automec (clique aqui).

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now