Audi importa versão Plus do esportivo R8 V10

R8 V10 Plus chega neste semestre por cerca de R$ 800 mil

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 01/07/2013 - 09:00
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura

    Em março deste ano, quando se habilitou no Inovar-Auto como importadora de veículos, a Audi recebeu a autorização do governo para trazer até 3.876 veículos ao Brasil com dedução dos 30 pontos porcentuais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Naquele momento, a empresa deu início a uma série de lançamentos com alto valor.

    É o caso do R8 V10 Plus, que chega neste semestre por preço aproximado de R$ 800 mil. Em maio já havia desembarcado no País a RS4 Avant (veja aqui), versão station wagon (perua) do A4 com 450 cv de potência e preço sugerido de R$ 438,7 mil. Nessa lista de modelos exclusivos e de menor volume de vendas estão também o S5 Cabriolet (R$ 387,9 mil), o S7 Sportback (R$ 500 mil) e outro esportivo de alto desempenho, o TT RS, de R$ 399 mil.

    A empresa também lançou modelos de maior volume como os novos A3 e também o A4 Attraction, sedã de R$ 118,9 mil para concorrer com BMW 320i e Mercedes-Benz 180 Turbo (a Audi pretende vender 1,5 mil destes A4 até o fim do primeiro trimestre de 2014). Como resultado desses lançamentos e renovações de linha, a empresa teve até a metade do ano 2.802 mil unidades emplacadas, equivalentes a 40% dos 7 mil carros que a Audi quer vender até o fim do ano no Brasil, mas já atingiu mais de 70% da quota livre dos 30 pontos extras.

    Em entrevista concedida a Automotive Business em maio deste ano, o presidente da Audi do Brasil, Leandro Radomile, aguardava regulamentações do novo regime automotivo a fim de agendar uma reunião com o governo e expor os planos da empresa de voltar a produzir carros no Brasil. Esses veículos precisariam atingir 53% de conteúdo local logo na primeira etapa de operação (veja aqui).

    POR DENTRO DO NOVO R8 V10 PLUS
    Audi
    Audi R8 V10 Plus tem peso mais baixo pelo uso de transmissão mais compacta e itens feitos de fibra de carbono na carroceria. Motor 5.2 produz 550 cv de potência.

    A nova versão do esportivo Audi utiliza o motor 5.2 de dez cilindros em V e 550 cv de potência. Com uma transmissão mais moderna e 40 quilos mais leve (S-Tronic de sete marchas e dupla embreagem) e também pelo uso de itens aerodinâmicos feitos de fibra de carbono, a fabricante conseguiu baixar em três décimos de segundo o tempo necessário para a aceleração de zero a 100 km/h, feita em 3,5 segundos pelo R8 V10 Plus. O modelo é equipado com tração integral Quattro e função Launch Control, que garante arrancadas rápidas sem perda de tração.

    De acordo com a Audi, as mudanças na versão Plus resultaram em uma economia de 900 mililitros de gasolina a cada 100 quilômetros percorridos. O carro faz 4,5 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada. Sua velocidade máxima é de 317 km/h.