Audi tem novo presidente e CEO no Brasil

O alemão Jörg Hofmann assume liderança; Leandro Radomile agora é diretor de operações

Por REDAÇÃO AB
  • 03/09/2013 - 14:15
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    Prestes a confirmar a produção de veículos no Brasil, a Audi anunciou na terça-feira, 3, novo presidente e CEO para comandar todas as suas operações no País. O alemão Jörg Hofmann assume após 13 anos de experiência na empresa em mercados estratégicos como a Austrália, Alemanha e Japão. Leandro Radomile, que ocupava o cargo de presidente interino, continuará na companhia como diretor de operações.

    A principal missão de Jörg Hofmann será elevar o Brasil a um dos principais mercados internacionais da Audi. Este ano a marca espera vender 7 mil modelos no mercado interno, superando em aproximadamente 40% o número de vendas do ano passado.

    "A Audi fechará o período de 2012 e 2013 com 32 novos modelos no portfólio brasileiro e, assim, atrairá cada dia mais fãs para a marca das quatro argolas. Estou entusiasmado para escrever o próximo capítulo da história de sucesso da Audi no Brasil, com uma equipe forte e uma rede dedicada de concessionários", declarou Hofmann.

    Jörg Hofmann tem 46 anos, é formado em administração de empresas na Alemanha com mestrado em negócios e gestão de marketing pela Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. Atua há 16 anos na indústria automotiva, desde 2000 na Audi.

    Entre 2000 e 2002, Hofmann foi gerente geral da Audi Japão. Sob seu comando, as vendas da marca no mercado japonês aumentaram 70%. Como diretor de vendas e marketing para Ásia–Pacífico, em 2003 e 2004, foi responsável pela estratégia de crescimento de 12 mercados, bem como pela entrada da Audi na Índia e pelo relançamento da marca na Coréia.

    De 2004 a 2010, o alemão foi diretor executivo da Audi Austrália. Durante sua gestão, as operações australianas registraram seis anos de avanço de dois dígitos e a Audi se tornou a marca automotiva que mais cresce no país. Desde o seu regresso à Alemanha, há três anos, o executivo ocupou o cargo de diretor executivo de operações de varejo na Audi AG, supervisionando a rede própria de concessionários.