Audi traz ao Brasil o Q8, seu SUV mais completo

Q8 recebe motor V6 a gasolina associado a um sistema híbrido leve, que conta com bateria de 48 volts

Por MÁRIO CURCIO, AB | De Campinas (SP)
  • 14/08/2019 - 23:55
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 4 minutos de leitura

    A Audi começa a vender no Brasil o Q8, o mais completo de seus SUVs. O carro é fabricado na Eslováquia. Recebe motor 3.0 V6 com 340 cavalos e câmbio automático Tiptronic de oito marchas. Ele chega em duas versões, Performance, por R$ 471.990, e Performance Black, por R$ 503.990. Esta última tem detalhes de acabamento escuros por fora e por dentro, mais um sistema de som Bang & Olufsen com 17 alto-falantes e 730 watts.

    Esses valores são promocionais, por tempo limitado. Os preços de tabela exatos são, respectivamente, de R$ 494.990 e R$ 531.990. O Q8 é muito grande. Mede 4,99 metros e tem 2,99 m de distância entre eixos, medida que resulta em um grande espaço para quem viaja no banco de trás. A altura é de 1,70 m.

    “Serão importadas 100 unidades este ano”, afirma o presidente e CEO da Audi do Brasil, Johannes Hoscheck.



    Vinte destas já estão vendidas para consumidores que esperavam a chegada do carro desde a primeira apresentação no Brasil, em novembro de 2018, durante o Salão do Automóvel. Em todo o mundo foram vendidos 21 mil Q8 apenas no primeiro semestre de 2019.

    Apesar do que seu nome sugere, o Q8 é 6,7 centímetros menor e 4 cm mais baixo que o Q7 e leva cinco passageiros (o Q7 transporta até sete).

    O motor do Q8 conta com a ajuda de um sistema híbrido leve, em que o alternador também atua como motor elétrico auxiliar. Isso é possível com a ajuda de uma bateria de 48 volts. Com esse conjunto elétrico o Q8 pode se deslocar entre 55 e 160 km/h com o motor a gasolina desligado.


    Quadro de instrumentos utiliza tela de alta resolução. Com isso é possível reduzir o tamanho do conta-giros e velocímetro e abrir espaço para navegação, por exemplo. No centro do painel há duas outras telas, a de cima para multimídia e navegação e a de baixo para ajustar o ar-condicionado e outras funções de conforto


    Quando acelerado com vontade o Q8 vai de zero a 100 km/h em 5,9 segundos e atinge 250 km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente. O SUV é equipado de série com o sistema Quattro de tração integral. A maior parte do tempo a força é distribuída em 60% para o eixo traseiro e 40% para o dianteiro, mas quando necessário o Quattro envia mais torque para o eixo com melhor tração.

    O quadro de instrumentos do Q8 fornece todas as informações a partir de uma tela de cristal líquido de alta resolução (Virtual Cockpit) e 12,3 polegadas, onde se pode ver em destaque o velocímetro e o conta-giros, mais as informações secundárias e também o mapa de navegação, por exemplo.

    Quando a prioridade é a navegação dá para diminuir o tamanho dos dois instrumentos principais e ampliar a área do mapa. Não é um recurso novo, mas vale destacar pela conveniência.

    No centro do painel, a tela superior (com 10,1 polegadas) é usada para controlar os sistemas de entretenimento e navegação. A tela de baixo, com 8,6 polegadas, permite ajustar o ar-condicionado e outras funções de conforto. Um “clique” de confirmação pode ser sentido e ouvido quando uma função é selecionada pelo toque. O controle de voz usa linguagem fácil.

    Chamam a atenção o grande espaço para as pernas de quem viaja no banco de trás e também as saídas de ar voltadas para a parte traseira. O porta-malas do novo SUV é imenso. Tem 605 litros de capacidade e chega a 1.755 l com o banco traseiro rebatido.

    A lista de equipamentos de série inclui ar-condicionado com quatro zonas distintas de temperatura, faróis totalmente em LEDs, câmera de 360 graus, teto solar panorâmico, volante com ajuste elétrico de altura e Traffic Jam Assist, que dá suporte ao motorista com aceleração, frenagem, manutenção de velocidade e da distância e ainda detecta as marcações de faixas, estruturas da estrada e veículos em faixas ao lado e em frente.


    Com 2,99 metros de distância entre eixos, o Q8 tem muito espaço para os passageiros do banco de trás. Porta-malas leva 605 litros de bagagem. Com o banco de trás rebatido o volume aumenta para 1.755 l

    A relação de opcionais inclui head-up display (que projeta informações importantes no para-brisa, como a velocidade do carro), eixo traseiro dinâmico (que permite que as rodas traseiras também estercem para facilitar manobras ou aumentar a estabilidade na estrada) e Night Vision Assist (que destaca em amarelo no painel a imagem de pessoas e animais maiores).

    A lista de opcionais inclui também o Audi Pre Sense traseiro (que reconhece a iminência de uma colisão e prepara o motorista, aumentando o tensionamento dos cintos dianteiros, alterando o posicionamento do banco e fechando teto solar e vidros), o Exit Warning Assist (aviso de perigo na saída do veículo), o Audi Side Assist (aviso de perigo em mudança de faixa) e o Assistente de Tráfego Reverso (que informa o condutor sobre a possibilidade de um acidente ao sair de ré de uma vaga ou garagem, além atuar nos freios se necessário).

    A suspensão a ar adaptativa com amortecimento controlado é outro opcional, com ajustes para conforto ou esportividade. Ela pode ser regulada em quatro modos e faz a altura da carroceria variar em até nove centímetros. Também é possível optar por rodas de 22 polegadas no lugar das de 21”.