BMW traz novo M2 Coupé, com 370 cavalos

Modelo chega por R$ 379.950. BMW espera vender 50 destes até o fim do ano

Por MÁRIO CURCIO, AB | De Indaiatuba (SP)
  • 12/06/2016 - 12:35
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 3 minutos de leitura

    A BMW traz ao Brasil o M2 Coupé, mais um desses brinquedos de adulto capazes de chamar a atenção até de quem não liga para automóveis. Com 4,47 metros, o carrinho é menor que sedãs médios, mas os 370 cavalos de seu motor rivalizam com esportivos como o novo Porsche 911 em sua versão de entrada. E o preço é mais baixo: R$ 379.950, ante os R$ 509 mil do 911 Carrera mais acessível.

    Com o M2 a BMW amplia a faixa de atuação da divisão Motorsport, que em 2015 teve 62,4 mil unidades vendidas em todo o mundo e cresceu 39% sobre o ano anterior. No Brasil essa alta foi ainda mais expressiva, 67,8%, mas com volume bem menor, 802 no ano passado. Durante os dias 11 e 12 de junho a montadora realizou em um autódromo no interior de São Paulo o BMW Power Tour, evento para 800 convidados (clientes e potenciais compradores) conhecerem o M2 e outros carros da divisão M.

    O presidente do Grupo BMW do Brasil, Helder Boavida, reconhece a importância de ações como esta, mas preferiu não arriscar quantos cheques serão assinados depois do evento: “É difícil estimar um número, até porque alguns já teriam se decidido pela compra antes de vir”, diz. Até o fim do ano a BMW deve vender 50 unidades somente do novo modelo.

    MECÂNICA E CONECTIVIDADE

    O M2 utiliza um motor 3.0 biturbo de seis cilindros em linha. Os carros que vêm para o Brasil têm câmbio automático de dupla embreagem e sete marchas. A transmissão utiliza um diferencial ativo, que melhora a tração e a estabilidade em mudanças de faixa ou acelerações em saídas de curva. As suspensões dianteira e traseira usam componentes mais leves e a frente do carro recebeu reforços para aumentar a rigidez da carroceria. Segundo a fabricante, o M2 vai de zero a 100 km/h em 4,3 segundos. A velocidade máxima de 250 km/h é limitada eletronicamente.

    BMW
    M2 Coupé tem diferencial ativo e câmbio automático de dupla embreagem com sete marchas. Motor é um seis cilindros biturbo de 370 cavalos. Interior inclui detalhes de fibra de carbono. Aplicativo na central multimídia permite compartilhar dados de desempenho nas redes sociais.

    O esportivo vem com a central ConnectedDrive. Com ela é possível usar aplicativos inovadores como o GoPro, que permite aos passageiros controlar a câmera de ação, e o BMW M Laptimer, que possibilita a comparação de tempos de volta e análise de dados como força G, aceleração, frenagem e outros parâmetros. Também dá para compartilhar os resultados pelas redes sociais ou e-mail.

    A central multimídia inclui ainda serviços de concierge, informações de trânsito em tempo real, chamada de emergência inteligente e o sistema de manutenção BMW que informa o motorista sobre a necessidade de fazer as revisões obrigatórias com 2 mil quilômetros ou quatro semanas de antecedência. O novo esportivo tem também chave presencial, controles de estabilidade e tração e faróis de xênon. A lista de acessórios BMW M Performance inclui itens para o interior do carro, para melhoria de desempenho do motor, das suspensões e da aerodinâmica.

    O acabamento interno tem couro do tipo Alcântara nos painéis de porta e no console central, onde também foi aplicada fibra de carbono. O som Harman Kardon inclui 12 alto-falantes, dois subwoofers centrais e um amplificador externo de 360 watts no porta-malas.

    NA PISTA COM O M2

    Automotive Business acelerou o M2 Coupé no autódromo da fazenda Capuava. Tudo dentro do carro é feito de materiais agradáveis ao toque e está no lugar certo ou é fácil de ajustar. Os bancos têm regulagem elétrica. Impressiona também a “música” que vem de suas quatro saídas de escape. Na pista ele obedece a cada pequeno movimento do volante sem inclinação excessiva da carroceria. O miolo de Capuava tem uma sequência de curvas bem difícil, mas o M2 faz cada uma delas como estivesse num traçado bem mais largo.

    A possibilidade de desligar o controle de tração torna a pilotagem ainda mais animada. Os freios utilizam material composto e discos enormes, mas o sistema ABS interfere demais na frenagem em piso seco e acaba aumentando espaços de parada que certamente seriam ser mais curtos sem ele. Essa percepção era bem clara no fim do retão e de outras duas retas mais curtas.

    O M2 tem garantia de dois anos e pode vir nas cores azul, branca, cinza ou preta.

    Assista ao vídeo do M2 Coupé produzido pela BMW