Bridgestone investe mais de US$ 14 milhões em Santo André

Unidade vai dobrar a capacidade de produção de pneus agrícolas em 2015

Por MARIO CURCIO, AB
  • 25/10/2013 - 12:35
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    A Bridgestone investirá mais de US$ 14 milhões na fábrica de Santo André (SP) para elevar de 30 para 60 sua capacidade produtiva diária de pneus do tipo AGR, agrícolas radiais. O processo de adaptação da fábrica de Santo André já se iniciou e o primeiro equipamento deverá chegar no segundo semestre de 2014. Com a instalação de novos equipamentos, a companhia planeja iniciar sua produção incremental em Santo André em maio de 2015.

    A unidade de Santo André receberá o BSJ Unistage AGR TAM, um equipamento japonês com elevada capacidade de produção de pneus agrícolas radiais. A tecnologia já é aplicada pela Bridgestone em fábricas de pneus agrícolas na América do Norte e Turquia.

    O projeto de expansão também inclui investimentos em infraestrutura e ferramentas, bem como a instalação de três prensas de vulcanização, a fim de proporcionar aumento da capacidade e melhoria da flexibilidade para produzir tamanhos maiores de pneus AGR.

    A Bridgestone fabrica atualmente seis tamanhos para o segmento de pneus radiais agrícolas no Brasil com marca Firestone e importa outras seis medidas não disponíveis na produção doméstica. Com a expansão, a empresa possibilitará a adição de seis novos tamanhos de pneus AGR em seu mix de produção.

    “Os agricultores no Brasil estão trabalhando com equipamentos mais pesados, buscando maior produtividade e mais eficiência de suas máquinas”, afirma o diretor comercial da divisão de pneus comerciais da empresa, Marcos Aoki.

    O investimento da fabricante de pneus acompanha a crescente demanda por equipamentos nos últimos anos por causas da expansão do potencial agrícola do País. “Considerando um aumento do ciclo médio de vida em horas, bem como a tendência crescente de vendas de equipamentos nos últimos anos, nossa expectativa é que tenhamos nível intenso de substituição de pneus em curto e médio prazos”, diz Aoki.

    Em agosto, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) reviu de 5% para 18,4% a projeção de alta nas vendas de máquinas agrícolas no Brasil, que devem alcançar 83 mil unidades em 2013 (veja aqui).

    A Bridgestone oferece produtos para tratores, colheitadeiras, pulverizadores, pivôs de irrigação, implementos agrícolas e retroescavadeiras. No Brasil, detém e comercializa marcas Bridgestone, Bandag, BTS e Firestone. A fabricante de pneus tem também uma unidade em Camaçari (BA), onde investe R$ 80 milhões para ampliar sua capacidade de 8 mil para 10,5 mil pneus por dia até o fim de 2014.