BYD produz novo chassi para ônibus em Campinas

Chassi BYD usa motorização elétrica com potência equivalente a 420 cv e autonomia de 300 km

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 02/08/2018 - 14:55
  • | Atualizado há 2 months
  • 51 segundos de leitura
    A fabricante de veículos elétricos BYD começou a produzir em Campinas (SP) um novo chassi para ônibus de piso alto. Chamado D9A, o modelo pode ser utilizado em versões urbanas, intermunicipais ou para fretamento com até 13,2 metros de comprimento. Uma unidade com carroceria Caio foi exposta da Lat.Bus & Transpúblico, que termina em 2 de agosto no Transamérica Expor Center.

    “O chassi tem 30% de conteúdo local. Em 2020 serão 50% e até 2022 chegaremos a 70%”, afirma o diretor de marketing e novos negócios da BYD, Adalberto Maluf.



    O D9A tem dois motores elétricos instalados cada um em um rodado traseiro. A potência fornecida equivale, segundo a BYD, a um motor a diesel de 420 cavalos. A autonomia é de 300 quilômetros.

    As baterias são garantidas por oito anos e o trem de força, por cinco. A BYD já produzia no Brasil o chassi de piso baixo D9W, também para carrocerias até 13,2 metros. E forneceu para a Volare o chassi D7N.

    “Até o fim do ano nossa estimativa é produzir 60 chassis no Brasil”, afirma o vice-presidente de vendas da companhia, Wilson Pereira. A empresa também produz em Campinas os recarregadores de energia com painéis solares, que resultam em economia de até 75% do custo operacional. A BYD tem atualmente 465 colaboradores no Brasil.