Caoa deve retomar Ford Caminhões no Brasil

João Doria oficializa compra na terça-feira, 3; Grupo Caoa e sindicato do ABC negociam contratações

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 02/09/2019 - 19:04
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 55 segundos de leitura

    O governador do Estado de São Paulo, João Doria, fará anúncio na tarde de terça-feira, 3 de setembro, sobre a aquisição da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP). O Grupo Caoa deve mesmo adquirir as instalações e provavelmente continuará a usar a marca Ford nos veículos produzidos ali. O comunicado de convocação à imprensa pelo governo foi feito segunda-feira, 2, mesmo dia em que representantes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC se encontraram com o diretor de recursos humanos do Grupo Caoa, Ivan Witt.

    A reunião ocorreu no escritório da empresa, onde os representantes sindicais discutiram condições trabalhistas para a contratação de metalúrgicos impactados pelo fechamento da unidade da Ford.

    “Acompanhamos de perto a resolução desse assunto, estamos conversando com a direção da Caoa no sentido de garantir os direitos dos trabalhadores que serão contratados”, afirma o presidente do sindicato, Wagner Santana.



    A hipótese de aquisição da fábrica pelo Grupo Caoa surgiu no fim de fevereiro, uma semana depois de a montadora comunicar a decisão de encerrar a produção de caminhões (e também da do hatch Fiesta) no Brasil.

    No fim de junho, o fundador e chairman do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, admitiu a possibilidade de conclusão das negociações em setembro ou outubro. E um mês atrás, Lyle Watters, presidente da Ford para a América do Sul, também admitiu que o destino da fábrica de São Bernardo estava próximo do desfecho.