Carlos Ghosn eleva previsão para mercado europeu de carros

O CEO da Renault-Nissan tem previsões otimistas de crescimento para a Europa a partir de 2015

Por REDAÇÃO AB
  • 23/01/2015 - 15:45
  • | Atualizado há 2 months
  • 46 segundos de leitura
    O principal executivo da Aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, ficou mais otimista em sua previsão de crescimento do mercado automotivo europeu, após o Banco Central Europeu anunciar programa de compra de títulos para impulsionar a economia fragilizada do continente.

    As novas perspectivas do executivo são de alta acima de 2% para 2015, contra sua antiga previsão que estimava o mercado entre 1% e 2% neste ano, em declaração feita no Fórum Econômico Mundial de Davos, nesta quinta-feira.

    O Banco Central Europeu irá investir mensalmente cerca de 60 bilhões de euros para comprar títulos públicos e privados e, com essa injeção, irá movimentar a economia do continente, que apresentava sintomas como aumento do desemprego e deflação. De acordo com o BCE, o pacote entra em vigor no mês que vem e deve durar até setembro de 2016, mas podendo ser prorrogado se for necessário.

    Segundo o jornal Automotive News Europe, Carlos Ghosn é otimista também em relação aos mercados da China e Estados Unidos, prevendo crescimento de 7% e 5%, respectivamente. Em relação aos países do bloco BRICs, o CEO mundial da Renault-Nissan afirma que, apesar da estagnação atual nestes mercados e no Japão, os investimentos continuarão a ser feitos.