Chevrolet lança quatro versões da picape S10

Linha 2016 traz desde opção High Country, mais completa, até chassi-cabine

Por MÁRIO CURCIO, AB | De Indaiatuba (SP)
  • 07/07/2015 - 18:32
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 3 minutos de leitura
    A linha 2016 da ChevroletS10 recebeu quatro versões adicionais. Duas delas já estão chegando à rede: Freeride, de R$ 95.340, e High Country, por R$ 163,8 mil. Durante o terceiro trimestre virão as opções Advantage e Chassis Cab. Segundo a General Motors, as quatro novidades vão conviver com as já existentes, LS, LT e LTZ.

    Mostrada durante o Salão do Automóvel de 2014, a High Country passa a ser a versão topo de linha. “Percebemos que havia espaço para uma opção mais completa porque o valor médio gasto com acessórios vinha subindo entre os compradores da S10”, afirma o diretor de marketing da Chevrolet, Samuel Russell. A High Country usou como base a versão LTZ, mais completa. Tem motor turbodiesel de 200 cavalos, câmbio automático de seis marchas e tração 4x4.

    “Estimamos a venda de 250 unidades por mês”, afirma Russell. Chama a atenção o santo-antônio exclusivo desta nova versão. Ele é instalado em conjunto com uma capota marítima e outros itens de acabamento que mudam muito a aparência da S10. As peças causam a impressão de que a cabine é mais longa e a caçamba, mais alta. As rodas maiores, de 18 polegadas, também ajudam a preencher melhor a lateral da caminhonete, que tem ainda faróis diferenciados (com cromo escurecido), aplique no para-choque dianteiro, estribos laterais e frisos cromados na base dos vidros.

    O interior inclui forração de couro marrom e descansa-braço no banco traseiro. O do motorista conta com regulagem elétrica de altura, distância e inclinação. Ar-condicionado digital, computador de bordo, volante multifuncional, sensor de estacionamento, controlador automático de velocidade e central multimídia com GPS, DVD e câmera de ré são ouros itens da versão. A lista de itens de segurança inclui controle eletrônico de estabilidade, controle de velocidade em declive, cintos de segurança traseiros e central de três pontos retráteis.


    As fotos superiores mostram a versão High Country, com santo-antônio exclusivo e interior de couro marrom. A Freeride também é bem completa. Central multimídia e câmera de ré equipam ambas

    FREERIDE É NOVA OPÇÃO FLEX

    Com preço mais camarada, a Freeride utiliza a mais potente das versões flex que equipam a S10. É um quatro-cilindros 2.5 com injeção direta e 206 cv, lançado em 2014. A transmissão manual tem seis velocidades. A picape recebe sistema multimídia, ar-condicionado, computador de bordo, vidros e travas acionados por controle remoto, controlador automático de velocidade, retrovisores elétricos e rodas aro 16, além de capota marítima, santo-antônio e câmera de ré.

    CHASSI-CABINE PELA PRIMEIRA VEZ EM 20 ANOS

    Seja pela retração de mercado, seja pela oportunidade que só outros fabricantes vinham aproveitando, a GM resolveu oferecer pela primeira vez em 20 anos uma versão chassi-cabine de sua picape. Com chegada prevista neste terceiro trimestre, a opção terá motor 2.4 flex de 147 cv ou 2.8 turbodiesel de 200 cv. A capacidade informada é de 1.343 quilos. A General Motors ainda não divulga preços nem listas de opcionais.

    “O comprador poderá transformar em ambulância, utilizar caçambas de madeira ou os baús de alumínio para o transporte urbano de carga”, afirma o diretor de marketing, que estima 40 unidades mensais, 20 para cada motor.


    Chassi-cabine terá duas opções de motor: 2.4 flex de 147 cv ou 2.8 turbodiesel de 200 cv. Preços ainda não foram divulgados

    S10 ADVANTAGE TAMBÉM VEM NAS PRÓXIMAS SEMANAS

    Baseada na versão LT, a S10 Advantage tentará atrair compradores com itens essenciais e algum conforto. O preço ainda não foi informado. Além da cabine dupla, os equipamentos já definidos para a picape serão motor 2.4 flex de 147 cv, rodas escuras aro 16, faróis de neblina, maçanetas pintadas da cor da carroceria, console central com porta-copos e porta-objetos, tomada extra para os passageiros de trás, luzes de leitura, sistema multimídia, vidros, travas e retrovisores com comando elétrico. O banco do motorista e a coluna de direção têm ajuste de altura.

    A S10 fez 20 anos em março. Surgiu com motor 2.2 a gasolina e injeção monoponto. Além de cabines simples e dupla, já teve opção estendida. A geração atual foi lançada em 2012.

    No primeiro semestre de 2015 a caminhonete Chevrolet teve 19 mil unidades emplacadas, volume 23,7% menor que o do mesmo período do ano passado. Naqueles seis meses, foram vendidas 28,3% mais S10 do que a segunda colocada, a Toyota Hilux. Na primeira metade de 2015 essa vantagem caiu para 14,5%.

    Assista à entrevista com Samuel Russell