Classe S 63 AMG, sedã de luxo mais potente do mundo

Modelo perdeu 100 quilos em relação à linha anterior; motor V8 biturbo produz 585 cv

Por REDAÇÃO AB
  • 23/07/2013 - 12:18
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 58 segundos de leitura
    A divisão esportiva da Mercedes-Benz lançou a nova geração do Classe S 63 AMG, sedã mais potente do segmento de luxo. O carro tem versões normal e alongada, sempre equipadas com motor V8 biturbo de 5,5 litros, 585 cv de potência e torque de 91,8 kgf-m. Sua apresentação mundial ocorre em setembro no Salão de Frankfurt, na Alemanha. Pela primeira vez o modelo é oferecido com a opção 4Matic, tração integral que melhora o comportamento dinâmico.

    Segundo a fabricante, o carro está 100 quilos mais leve que a geração anterior. Essa redução de peso foi conseguida por alterações como rodas de liga leve forjadas, bateria de íons de lítio, redução de massa dos freios, compartimento do estepe feito de fibra de carbono e uso de alumínio no exterior da carroceria, inclusive o teto e a parte dianteira.

    O câmbio do S 63 AMG é um Speedshift MCT de sete marchas, que permite três modos de operação: C (Controlled Efficiency, para conforto), S (Sport) e M (Manual). Esses dois últimos resultam em respostas mais ágeis. A função Eco Start-Stop, que desliga e religa o motor nas paradas de semáforo, por exemplo, só fica ativa no modo C.

    Segundo a Mercedes-Benz, o S 63 AMG pode acelerar de zero a 100 km/h em quatro segundos. A velocidade máxima é limitada em 250 km/h. Os novos S 63 AMG chegam ao Brasil somente no primeiro semestre de 2014 - a versão normal do Classe S chega ainda este ano.