Com novo pneu, Michelin promete redução de 4,4% no consumo de diesel

Michelin combinou novas tecnologias no X Multi Energy Z para reduzir consumo e aumentar durabilidade do novo pneu para caminhões e ônibus rodoviários

Por PEDRO KUTNEY, AB
  • 08/07/2021 - 14:00
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura

    Neste mês em que completa 40 anos de presença industrial no Brasil, a Michelin está lançando um novo pneu produzido em sua fábrica de Campo Grande, no Rio de Janeiro, o X Multi Energy Z, nas medidas 295/80 R22.5 e que pode ser usado em todas as posições de veículos pesados. O principal diferencial é a promessa de reduzir em até 4,4% o consumo de diesel em ônibus rodoviários – o produto também pode equipar caminhões, mas foi testado e está sendo lançado primeiro para aplicações no transporte de passageiros.

    “Como o pneu influencia em torno de 20% o consumo de combustível do veículo, a sua escolha impacta diretamente não só o meio ambiente, como o bolso do frotista”, destaca Ruy Ferreira, diretor comercial da Michelin América do Sul.

    Publicidade



    Segundo a Michelin, foram feitos testes auditados pela Dekra em 2019 com diversas frotas de ônibus rodoviários para apurar a redução de 4,4% no consumo de diesel na comparação com a média de pneus concorrentes. De acordo com relatos de gestores dessas viações, a economia obtida equivale a cerca de R$ 1 mil/mês por ônibus, ou R$ 12 mil por ano. Em uma frota de 100 veículos, por exemplo, a redução anual de custo com abastecimento chegaria a R$ 1,2 milhão.

    Inicialmente o X Multi Energy Z será oferecido somente no mercado de reposição e a partir de 2022 deverá ser fornecido como equipamento original para fabricantes de caminhões e ônibus. A Michelin também pretende exportar o pneu para todos os mercados sul-americanos.

    Segundo a fabricante, a produção na fábrica de Campo Grande de pneus para veículos comerciais pesados vem em constante crescimento desde o segundo semestre do ano passado. “Após a queda no primeiro semestre de 2020, este mercado se recuperou mais rápido do que o esperado e em 2021 deve voltar aos mesmos níveis pré-pandemia, com demanda mais alta para caminhões. O segmento de ônibus deverá ser o último a se recuperar”, indica Alessandra Rudloff, diretora de marketing da Michelin América do Sul.

    EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA



    Para oferecer maior economia sem perda de aderência e segurança, o X Multi Energy Z combina algumas tecnologias patenteadas pela Michelin no mundo e foi desenvolvido para rodar nas condições brasileiras pelo centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa no Brasil. O novo pneu é produzido com composto de borracha e sílica da fabricante, que aliado ao novo desenho da banda de rodagem garantiu redução adicional de sua resistência ao rolamento, fator que interfere diretamente no consumo de combustível de veículos.

    O novo pneu é produzido com a carcaça X Core, lançada em 2014 com composto interno desenvolvido pela Michelin e proteção de nylon em volta do aro, que agora agrega uma nova tecnologia também patenteada pela fabricante, denominada Infinicoil, um cabo de aço único e contínuo que envolve a carcaça. Segundo a empresa, essa combinação garante maior estabilidade e menor quantidade de deformações do pneu durante o uso, resultando em desgaste mais uniforme da banda de rodagem, maior durabilidade, mais capacidade de carga (7,5 toneladas) e menor consumo de combustível com a baixa resistência ao rolamento.

    Outra evolução tecnológica patenteada pela Michelin e incorporada ao X Multi Energy Z é a escultura regenerativa Regenion, em que dois dos quatro sulcos do pneu ficam embutidos e só aparecem após o desgaste da primeira camada, para garantir o mesmo nível de aderência por mais tempo de uso. Essa solução é combinada com o perfil Blocante desenvolvido pela Michelin, que proporciona um desgaste mais lento e uniforme da banda de rodagem, maior aderência em solo seco e molhado, além de reduzir danos causados por perfurações devido aos sulcos mais fechados.

    A Michelin indica que após o fim da primeira vida do novo pneu, mais duas recapagens podem ser feitas com as bandas de rodagem Refill X Multi Energy Z, com garantia de manutenção dos mesmos níveis de consumo de combustível e segurança.