Consumidor está mais satisfeito com autoindústria

Indicador da ESPM avançou 9 pontos em julho.

Por Automotive Business
  • 11/08/2011 - 18:30
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Redação AB

    O Índice Nacional de Satisfação do Consumidor (INSC) ficou estável em julho, atingido avaliação de 60,2% (foi 60% em junho). O indicador, medido pela ESPM, foi criado pelo professor e global chief digital officer da Rapp, Ricardo Pomeranz.

    O subsetor de autoindústria, que mede a satisfação do consumidor com Fiat, Ford, GM e Volkswagen, surpreendeu no período, registrando avanço de 9 pontos em relação ao mês anterior, para 70,6%. Desde o início das medições, em abril, os índices desta indústria mostraram redução. Agora, o indicador praticamente volta aos patamares de abril, quando fechou o mês com 69,8%.

    Alexandre Gracioso, vice-presidente acadêmico da ESPM, observa que o aumento da satisfação pode ser explicado pelo incremento das vendas no primeiro semestre deste ano, tema bastante comentado na internet, a partir da qual se mede o índice. “O crescimento de 10% das vendas e o anúncio de uma nova fábrica da Fiat, líder em vendas no Brasil, foram destaques dos comentários dos internautas”, diz Gracioso.

    Pomeranz ressalta ainda que “o consumidor está sempre muito atento ao que ocorre nesta indústria. Prova disso são os posts sobre a apresentação do protótipo do XL1, da Volkswagen, na Europa, e os lançamentos do Ford Ka 2012 e do Ford FusionHybrid no Brasil, que combina o motor elétrico e a gasolina”. As ações das montadoras na web também chamaram a atenção, principalmente o novo hotsite Premium Volkswagen e a entrada da Ford no Google+.