Corteco tem novos executivos para Brasil e América do Sul

As mudanças são na estrutura das áreas comercial e de marketing

Por REDAÇÃO AB
  • 17/03/2015 - 11:45
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Corteco, divisão de reposição automotiva da Freudenberg-NOK, anuncia mudanças no corpo diretivo no Brasil e América do Sul, com nova estrutura na área comercial e de marketing. Os novos executivos, Marcelo Horemans, diretor de reposição automotiva e Plínio Fazol, novo gerente de marketing, são as principais apostas da empresa.

    Horemans, engenheiro com pós-graduação em economia e administração, já passou por empresas como AlliedSignal Automotive e Bosch. Já o novo gerente de marketing, Plínio Fazol atuou em companhias como The Warranty Group e Gates do Brasil.

    Também foram contratados Argos Mattar e David Patrício como gerentes de contas. A equipe conta ainda com Eryka Yared como gerente operacional, Renato Barbosa como gerente de contas para exportação, Sidnei Gomes como gerente de contas e Marco Marins como gerente de produto.

    Segundo o presidente da Freudenberg-NOK na América do Sul, George Rugitsky, a mudança será essencial para enfrentar os desafios do setor e a missão da nova estrutura é fortalecer a imagem da Corteco junto a públicos estratégicos. “Como um dos principais diferenciais da Corteco é a alta capacidade técnica para superar os desafios da indústria, esta é também uma característica dos profissionais contratados para atender o mercado da América do Sul”, afirma o executivo.

    Especializada no desenvolvimento e produção de retentores, o-rings, vedações hidráulicas e pneumáticas, a Freudenberg-NOK emprega 27 mil pessoas em todo o mundo e, em 2013, obteve um faturamento global acima dos € 3,8 bilhões. No Brasil desde 1973, a companhia tem fábrica em Diadema (SP), onde emprega aproximadamente 500 funcionários. São seis empresas no País: Freudenberg-NOK, Freudenberg Não Tecidos, Klüber Lubrication, EagleBurgmann, Chem-Trend e SurTec; desde julho de 2012, atua também por meio da joint venture TrelleborgVibracoustic.