Cortes: integração com a MAN reforça VW CO

A integração com a MAN reforça a posição da VW Caminhões e Ônibus e cria condições para sua expansão, no entender de Roberto Cortes, seu presidente.

Por Automotive Business
  • 22/12/2008 - 00:00
  • | Atualizado há 2 months
  • 49 segundos de leitura
    A integração com a MAN reforça a posição da VW Caminhões e Ônibus e cria condições para sua expansão, no entender de Roberto Cortes, seu presidente. “Seremos uma das marcas da MAN AG, uma das maiores fabricantes de caminhões e ônibus do mundo. Teremos acesso a tecnologia de ponta e nos beneficiaremos com a economia de escala e desenvolvimento conjunto de produtos” – afirma. Comemorando 250 anos de existência em 2008, o grupo MAN AG é um dos líderes europeus na fabricação de veículos comerciais, motores e equipamentos de engenharia mecânica, com vendas anuais de 100 mil unidades e faturamento de € 14 bilhões, com mais de 50 mil empregados em todo o mundo. Há mais de um século a empresa produz caminhões e ônibus, mas também tem em seu portfólio motores a diesel, compressores e turbinas, com posições de liderança em todas as suas áreas de negócio. A MAN AG também está entre as 30 maiores empresas listadas na bolsa de valores alemã e cobre uma diversificada gama de opções em veículos comerciais, que vão dos caminhões leves, médios e pesados das séries TGX, TGM, TGS e TGL, passando por veículos militares e chassis de ônibus. O grupo ainda fabrica motores rodoviários, ferroviários e geradores de energia, além eixos e caixas de transferência.