DAF já pode financiar 90% do XF105 via Finame

XF105 fabricado no Paraná pode ter 90% do valor financiado pelo Finame

Por REDAÇÃO AB
  • 05/12/2013 - 18:30
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    O cavalo mecânico extrapesado XF 105 que a DAF começou recentemente a fabricar em Ponta Grossa (PR) já pode ter 90% de seu valor financiado pelas atrativas taxas do Finame, linha de crédito do BNDES para compra de bens de capital, incluindo caminhões. Para obter o financiamento, o produto deve ter índice mínimo de nacionalização de 60% em valor e peso. Portanto, significa que o modelo montado pela DAF no País já está bastante próximo deste porcentual.

    A DAF informou na quinta-feira, 5, que recebeu a autorização do BNDES para que o XF105 montado em sua fábrica paranaense seja comercializado por meio da linha que tem o juro mais baixo do mercado. “O BNDES Finame é uma modalidade de crédito muito importante para a venda de caminhões no Brasil. Essa conquista nos coloca em uma posição extremamente competitiva diante dos nossos principais concorrentes. Temos um caminhão premium, robusto, confortável, com excelente performance e com possibilidade de ser adquirido a prazo, em condições atrativas”, destacou em comunicado Michael Kuester, diretor comercial da DAF Brasil.

    A produção do XF105 no País foi iniciada no último dia 2 de outubro, com a montagem do modelo em duas configurações de tração: 6x2 e 6x4, ambas indicadas para o transporte pesado de longa distância. Os cavalos mecânicos são equipados com motor Paccar de 12,9 litros e têm duas opções de cabine: Confort Cab e Space Cab, com mais o espaço interno.

    A DAF iniciou em 2011 investimento de US$ 320 milhões no Brasil, que inclui a construção da fábrica de 270 mil metros quadrados e estruturação da rede de concessionárias no País – já existem 15 revendas em operação e a previsão é chegar a 20 até o fim deste ano.