De olho em eventos, Gerdau investe R$ 2,5 bi

Usina de Cosigua terá a produção ampliada.

Por Agência Estado
  • 03/03/2011 - 06:08
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Mônica Ciarelli, Agência Estado

    A Gerdau anunciou nesta quarta-feira, 2, um investimento de R$ 2,47 bilhões para expandir em 50% a capacidade de produção da usina de Cosigua, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Com o investimento a produção atingirá 1,8 milhão de toneladas de aço.

    A Gerdau informou que a primeira fase de expansão da usina de Cosigua no Rio de Janeiro entra em operação em 2012. A expectativa é que o novo laminador de fio-máquina e vergalhões inicie as atividades em 2013, com capacidade inicial de 600 mil toneladas por ano. A empresa informou ainda que a partir dessa etapa pretende instalar uma nova unidade de corte e dobra de vergalhões para construção civil.

    Na segunda fase da expansão, prevista para entre 2014 e 2016, o novo laminador alcançará 1,1 milhão de toneladas. Ao final do período a capacidade de laminação da usina Cosigua alcançará 2,6 milhões de toneladas.

    Segundo o presidente do conselho de administração da Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, o investimento de R$ 2,47 bilhões tem como objetivo atender a expansão na demanda de aço no Brasil, impulsionada pelas obras para Copa do Mundo de 2014 e os jogos olímpicos de 2016. "Esses eventos envolvem não somente a construção e reforma de complexos esportivos, mas também a ampliação da infraestrutura aeroviária, hoteleira, de energia e de telecomunicações", afirmou.