Ducati começa a montar Scrambler em Manaus

Ducati Scrambler tem estilo topa-tudo e pneus de uso misto

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 24/09/2015 - 13:40
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    Chega em outubro ao mercado a DucatiScrambler, que resgata o estilo do modelo fabricado pela companhia nos anos 1970. A moto começou a ser montada em agosto em Manaus e junta-se a outros cinco modelos disponíveis no Brasil. Por causa das oscilações do dólar, a empresa só vai revelar o preço durante o Salão Duas Rodas, que ocorre entre 7 e 12 de outubro. Uma pesquisa com revendedores aponta para algo perto ou acima de R$ 35 mil. A primeira versão mostrada é a versão Icon. Outras opções estarão no salão.

    “As motos que produzimos já estão todas vendidas”, garante o CEO da Ducati do Brasil, Antonino Labate. O executivo acredita que o modelo poderá frear a queda nas vendas. De janeiro a agosto foram emplacadas no País apenas 619 motocicletas Ducati, volume 16,1% menor que o do mesmo período do ano passado.

    “Este ano venderemos cerca de mil motos e em 2016 vamos superar esse número, garante Labate, confiante no lançamento. “Em oito meses foram 14 mil unidades”, recorda, referindo-se aos números obtidos na Europa, Ásia e Estados Unidos.

    A rede Ducati tem hoje dez revendas no Brasil. “Vamos inaugurar mais uma concessionária em São Paulo em outubro. Outras lojas estão programadas para Goiânia (GO), Brasília (DF) e Florianópolis (SC)”, garante Labate.


    Scrambler utiliza motor de dois cilindros em "L" com 803 cc, semelhante ao da Ducati Monster. "A produção está toda vendida", diz Antonino Labate, CEO da Ducati, sobre as motos montadas desde agosto em Manaus (fotos: Mário Curcio)

    A Ducati foi comprada pela Audi em 2012 (veja aqui). Portanto, pertence ao Grupo VW, afetado por um grande escândalo que deve gerar custos de € 80 bilhões. Apesar do problema, Labate não acredita que o futuro da Ducati esteja comprometido.

    Sobre desvalorização do real, que encarece a importação dos componentes para a produção em Manaus, Labate admite que este é mesmo um problema, mas ele afeta também seus concorrentes.

    COMO É A SCRAMBLER ICON

    A nova Ducati utiliza um motor de dois cilindros em “L” com 803 centímetros cúbicos e 75 cavalos. A altura do assento (79 cm, semelhante à de modelos urbanos de 250 cc) facilita a pilotagem. O peso de 170 quilos também conta a seu favor e resulta da simplicidade do projeto. O tanque para 13,5 litros é suficiente para viagens curtas. Os pneus são de uso misto, asfalto-terra.

    Assista ao vídeo produzido pela Ducati: