Fabricante de bancos Isringhausen em Diadema adere ao PPE

Metalúrgicos da Isringhausen aprovam adesão ao PPE em Diadema (Foto: Adonis Guerra)

Por REDAÇÃO AB
  • 17/05/2016 - 18:19
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 48 segundos de leitura
    Em assembleia realizada na terça-feira, 17, os trabalhadores da Isringhausen, fabricante de bancos automotivos localizada em Diadema (SP) aprovaram por unanimidade a adesão ao Programa de Proteção ao Emprego (PPE). O acordo fechado entre os metalúrgicos e a empresa prevê a redução de 20% da jornada de trabalho e dos salários pelo período de seis meses a partir de 1º de junho.

    A negociação conduzida entre o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e representantes da empresa ampliou o período de estabilidade dos funcionários para o dobro da vigência prevista pelo programa.

    “A direção da empresa avalia que há uma boa perspectiva de estabilização da fábrica no segundo semestre. O PPE vai ajudar a atravessar esse momento mais difícil sem que empregos sejam ameaçados”, afirma o coordenador da regional Diadema do sindicato, David de Carvalho.

    O presidente do sindicato, Rafael Marques, que também participou das negociações, destacou a importância de iniciativas que ajudem a garantir os direitos da categoria: “O PPE valoriza o vínculo com o trabalhador em situações adversas, por isso é fundamental que seja mantido. Defendemos também propostas para retomar a economia, entre elas o Programa Nacional de Renovação da Frota”, disse.

    Segundo o sindicato, atualmente cerca de 22 mil metalúrgicos do ABC estão cumprindo as normas pelo PPE.