Ford cria Mustang elétrico de 800 cavalos

Protótipo criado por Ford e Webasto tem parte da carroceria feita de fibra de carbono e capô com janelas de policarbonato

Por REDAÇÃO AB
  • 12/11/2019 - 14:20
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Ford apresentou em parceria com a Webasto o Mustang Lithium, um protótipo elétrico de 900 cavalos. O carro foi mostrado no Sema Show, salão para veículos especiais e de alto desempenho que ocorre em Las Vegas. O conceito foi criado para medir o interesse dos jovens por um veículo elétrico de alto desempenho e serve também como plataforma de teste de tecnologias de gerenciamento térmico e de bateria desenvolvidas pela Webasto e pela Ford.

    O Mustang Lithium tem um motor elétrico de dois núcleos e inversores de potência duplos, alimentados por um sistema de bateria Webasto de 800 volts capaz de fornecer 1 megawatt de potência e 138 kgfm de torque. Sua carroceria usa componentes de fibra de carbono e o capô recebe janelas transparentes de policarbonato.

    “O protótipo é uma oportunidade de mostrar o que um novo trem de força elétrico pode fazer em um carro que todos já conhecem e gostam muito”, afirma o diretor de compras e desenvolvimento de produto da Ford, Hau Thai-Tang.



    As rodas do Mustang Lithium têm 20 polegadas e são forjadas. A tensão de 800 V é o dobro da usada na maioria dos carros elétricos atuais, o que torna o sistema mais leve e potente. Também produz menos calor. A transmissão manual de seis velocidades é uma versão especial da Getrag MT82, usada em competições de arrancada para suportar o alto torque. Os freios dianteiros Brembo são os mesmos do Shelby GT350R.

    A Ford já produziu mais de 800 mil veículos elétricos e híbridos. A montadora investirá até 2022 US$ 11,5 bilhões em veículos elétricos, entre eles um SUV inspirado no Mustang e uma picape F-150. Os novos SUVs híbridos Ford Explorer e Escape 2020 são equipados com bateria de íons de lítio de quarta geração, semelhante à usada no Mustang Lithium.