Fórum AB Diversidade no Setor Automotivo acontece no dia 1º de novembro

Inscreva-se no evento que vai debater o tema e mostrar os resultados de pesquisa exclusiva com empresas do segmento

Por REDAÇÃO AB
  • 19/08/2019 - 05:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    No dia 1º de novembro acontece o II Fórum AB Diversidade no Setor Automotivo, evento que nasceu em 2018 com o nome Presença Feminina no Setor Automotivo e ganha agora amplitude para reunir cerca de 300 participantes no Milenium Centro de Convenções, em São Paulo. As inscrições já estão abertas com preço especial:



    - Clique aqui para fazer a sua inscrição com desconto





    O encontro será marcado pela apresentação dos resultados exclusivos da pesquisa Diversidade no Setor Automotivo, que vai levantar as práticas, resultados e estatísticas acerca da representatividade da população brasileira dentro das organizações.

    O Fórum coroa ainda o primeiro ciclo da Rede AB Diversidade, iniciativa de Automotive Business em parceria com a MHD Consultoria que reúne 30 empresas na busca por soluções para atrair e incluir mais mulheres, negros, membros da comunidade LGBT+ e pessoas com deficiência (PCDs), além de representantes das diferentes gerações, tanto os mais jovens quanto profissionais maduros.

    AS BOAS PRÁTICAS AUTOMOTIVAS


    Para celebrar a jornada de quase um ano da Rede, o evento será palco para o lançamento da cartilha Boas Práticas em Diversidade no Setor Automotivo, que dará às organizações parâmetros e caminhos para fomentar a diversidade internamente. No encontro serão ainda reconhecidas as empresas que mais se destacam no tema por suas iniciativas e resultados.

    SE A SUA EMPRESA VENDE PARA TODO MUNDO, POR QUE NÃO CONTRATA E PROMOVE TODO MUNDO?


    Ao investir em diversidade as empresas automotivas aumentam seu impacto positivo na sociedade e, de quebra, elevam o potencial de inovação e lucratividade. Estudo da J. Walter Thompson mostra que 97% das decisões de compra dos lares brasileiros são tomadas por mulheres sozinhas ou em parceria com homens. Já levantamento da Harvard Business Review mostra que, com mais participação feminina, empresas elevam em 19% a geração de receitas a partir da inovação.

    Apesar do alto potencial de impacto positivo da diversidade, as organizações da cadeia de valor automotiva ainda estão distantes de terem boa representação da sociedade internamente. A pesquisa Liderança do Setor Automotivo mostra que as mulheres estão em apenas 6% dos cargos de comando do segmento no Brasil. Segundo o estudo, não há ninguém na alta liderança do segmento que se reconheça como negro.

    Os números indicam que há grandes desafios e, por outro lado, enormes oportunidades para as companhias automotivas evoluírem nessa área e, em consequência, acelerarem a performance no mercado.