Foton amplia rede de concessionárias com ex-distribuidores Ford

Empresa chega a 45 revendas, das quais 29 são novas; a meta é atingir 60 lojas até o fim do ano

Por REDAÇÃO AB
  • 27/05/2020 - 21:41
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura


    Na contramão de um mercado que sofre as duras consequências de reduzir drasticamente suas atividades por causa da pandemia, a Foton comemora o crescimento de sua rede de concessionárias que atingiu 45 revendas, das quais 29 são novas, graças às negociações com grupos de empresários e ex-distribuidores dos caminhões Ford.


    A rede da marca chinesa está presente em 15 estados no Brasil e conta com serviços de pós-venda e peças de reposição. Segundo a Foton, a meta é encerrar 2020 com um total de 60 concessionárias no País.

    Para o diretor de desenvolvimento da rede Foton do Brasil, Ricardo Mendonça de Barros, os revendedores Ford conhecem bem o mercado e consideram que os produtos Foton têm grande potencial.

    “Além disso, trata-se de uma rede madura, capitalizada, extremamente focada no pós-venda e na satisfação total dos clientes, que sabe trabalhar muito bem os produtos dos segmentos leves, médios, semipesados e pesados. Com certeza, isso fará com que a participação da Foton cresça no mercado”, afirma.

    A rede Ford de caminhões era responsável por 24% das vendas de caminhões no Brasil, considerando os chassis rígidos nos segmentos semileves, leves, médios, pesados e semipesados. A marca ocupou por longo período a terceira posição no ranking da indústria de caminhões. Também foi líder no mercado de leves por mais de 10 anos, com destaque para os segmentos de bebidas, coleta de lixo, construção civil, eletricitário, entre outros.

    Para o diretor de desenvolvimento de produtos da Foton do Brasil, Eustáquio Sirolli, a linha Foton tem similaridade com o portfólio Ford, o que contribui com a migração.

    “Os veículos Foton possuem motores Cummins, usuais nos veículos da Ford, além de transmissões ZF, de conhecimento e uso abrangente no mercado nacional. Os equipamentos de diagnóstico já disponíveis na rede servem a ambas as marcas, facilitando as análises e seus reparos ou manutenções e resultando em muita sinergia na área de serviços”, analisa.