Fras-le aumenta lucro e receitas em 2012

Faturamento de operações no exterior é beneficiado por desvalorização cambial

Por REDAÇÃO AB
  • 27/02/2013 - 17:37
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    A fabricante gaúcha de componentes para freios Fras-le, pertencente ao grupo Empresas Randon, encerrou 2012 com lucro bruto consolidado de R$ 168,3 milhões, desempenho 21,2% superior ao de 2011. O EBITDA (lucro antes do pagamento de juros, impostos e depreciação de ativos), em linha com o desempenho operacional, somou R$ 84,6 milhões, 29,7% superior ao ano anterior, segundo informou a empresa em comunicado na quarta-feira, 27.

    O faturamento bruto chegou a R$ 906,8 milhões, o que representou alta de 20,7% sobre 2011. A receita líquida teve desempenho semelhante, somando R$ 662,8 milhões no período, crescimento de 21,5% em comparação com o exercício anterior. As vendas domésticas foram de R$ 361,1 milhões, evolução de 22,1%, e de R$ 301,6 milhões no mercado externo, aumento de 20,7%.

    Segundo a Fras-le, o bom desempenho das receitas reflete a influência positiva da valorização cambial sobre as vendas externas, a evolução das operações das empresas controladas e, ainda, o importante incremento das vendas da Freios Controil. O mercado norte-americano continua sendo a principal fonte de faturamento no exterior.

    A companhia informa que os resultados finais de 2012 foram limitados por eventos pontuais, como as adequações estruturais da Freios Controil e da planta de Caxias do Sul (RS), além da redução dos volumes de exportação em consequência do cenário global adverso.

    A Fras-le destacou a conclusão de investimentos em 2012 para sustentar o crescimento da empresa no médio e longo prazos, tais como o centro de operação logística e ampliação de capacidade de produção de lonas para veículos comerciais, tanto no Brasil como na unidade nos Estados Unidos.

    Para 2013, a companhia mantém expectativas otimistas em relação à expansão econômica do mercado doméstico, principalmente nos setores de infraestrutura e transporte. No exterior, as projeções são conservadoras diante das incertezas do cenário econômico, com recessão na Zona do Euro e mercado norte-americano ainda sem maiores perspectivas de retomada consistente, além da volatilidade da China ante a instabilidade da economia global.

    “Mesmo com perspectivas adversas, acreditamos que o desempenho da Fras-le apresente retomada do crescimento histórico em volumes, atingindo faturamento R$ 1 bilhão ao fim de 2013”, disse em nota o diretor-presidente da empresa, Daniel Randon.