Frigo King espera repetir as vendas de 2019 neste ano

Empresa prevê a venda de 1 mil equipamentos para refrigeração destinados a caminhões

Por REDAÇÃO AB
  • 27/07/2020 - 18:21
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Frigo King, empresa fabricante de equipamentos de refrigeração para caminhões, espera repetir neste ano o desempenho de vendas de 2019, quando entregou 1 mil unidades, e com isso não registrar perdas em 2020. A empresa baseia sua expectativa no fato de que o mercado de transporte de produtos perecíveis foi menos afetado pela crise gerada pela pandemia, por ser considerado itens essenciais à população, o que inclui o transporte de cargas de alimentos e remédios.

    “Refizemos nosso planejamento e criamos o ‘plano Covid’ para enfrentamento econômico e dentro dessa perspectiva o cenário é de alta com relação ao primeiro semestre deste ano, com chance de fechar o ano muito próximo a 2019”, explica Marcos Augusto Pordeus de Paula, diretor da Frigo King.

    De janeiro a junho, a empresa vendeu 400 unidades ao mercado interno, representando queda de 13% na comparação com iguais meses de 2019. “Não foi um primeiro semestre ruim considerando o cenário de pandemia que paralisou a economia brasileira”, diz o executivo.

    Outro fator que pode alavancar as vendas são as exportações. Neste mês, a companhia iniciou a venda para a República Dominicana, o 22º mercado a importar seus produtos a partir do Brasil, onde possui fábrica em Guaramirim (SC). A negociação começou antes da pandemia atingir o País.

    O programa de exportações da Frigo King começou em 2010 tendo a Costa Rica como primeiro cliente. Atualmente, a empresa fornece seus produtos para os mercados dos Estados Unidos, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Panamá, Costa Rica, El Salvador, Nicarágua, Honduras, Guatemala, México, Canadá, Jamaica, Índia, Emirados Árabes e Qatar.

    Outros países como Cuba e Haiti compram produtos Frigo King por meio de representantes espalhados pela América do Sul.