Great Wall compra fábrica da Mercedes-Benz em SP

O SUV médio Haval H6 é um dos modelos mais cotados para a estreia da Great Wall no Brasil

Por REDAÇÃO AB
  • 05/07/2021 - 16:52
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    A montadora chinesa Great Wall Motors (GWM) já vinha preparando desde início do ano sua estreia no mercado brasileiro, cujos planos envolviam a construção de uma nova fábrica ou a compra de alguma que já estivesse desativada. De acordo com o jornal O Globo, a Great Wall optou pela segunda opção e já fechou a compra da unidade fabril da Mercedes-Benz em Iracemápolis (SP), parada desde dezembro de 2020.

    Publicidade



    Segundo reportagem publicada neste domingo, 4, “o anúncio oficial ainda não saiu, mas a aquisição da fábrica paulista foi concretizada há cerca de duas semanas e ganhou uma menção no jornal interno da GWM, no dia 25 de junho”. A matéria explica que, na publicação da empresa, teriam informado até os detalhes técnicos da fábrica da Mercedes e “a confirmação de que eles estão dentro dos padrões necessários para a produção de carros da GWM em Iracemápolis”.

    A fábrica da Mercedes na cidade paulista começou sua produção em 2016, com a montagem dos modelos Classe C e GLA, até que em dezembro do ano passado a empresa decidiu encerrar suas atividades, devido à queda nas vendas.

    Já é antigo o interesse da Great Wall em instalar uma base no Brasil, maior mercado da América do Sul e uma das regiões do mundo incluídas nos planos de expansão internacional da empresa. Em setembro de 2012, a Great Wall havia confirmado a Automotive Business que estudava formas de produzir seus carros no Brasil.

    A montadora chinesa já tem na América do Sul uma pequena linha de montagem no Equador e vende seus carros em diversos países, como Uruguai, Peru, Bolívia, Paraguai, Argentina e Chile – este último onde atualmente faz seu maior volume regional, com 2,4 mil veículos vendidos e faturamento de US$ 44 milhões em 2020.

    Ainda não se sabe oficialmente quais modelos da Great Wall serão comercializados no Brasil, mas a empresa já chegou a registrar dois modelos no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI): o SUV médio Haval H6 e a picape média Série P. A previsão que a marca deve começar a vender veículos importados da China no início de 2022, ficando a produção local para uma segunda fase do projeto.

    Questionada sobre a notícia da venda da fábrica, a Mercedes-Benz respondeu que não iria comentar especulações do mercado. A Great Wall também preferiu não comentar o caso.