Grupo Traton reformula conselho e Andreas Renschler deixará a empresa

Andreas Renschler (esquerda) deixará o Grupo Traton em 15 de julho e terá Matthias Gründler (direita) como seu sucessor

Por REDAÇÃO AB
  • 10/07/2020 - 16:24
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    O Grupo Traton reorganizou seu conselho administrativo com medidas que passam a vigorar em 15 de julho: Andreas Renschler deixará a presidência do conselho de administração da companhia e terá como seu sucessor Matthias Gründler, que até maio de 2018 foi o CFO da empresa que reúne as marcas MAN, Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus.

    Com isso, Renschler também deixará sua cadeira de membro do conselho de administração no Grupo VW.

    No comunicado, o Grupo Traton não deixa claro o motivo da saída de Renschler, limitando-se a informar que sua saída foi “com o melhor consentimento mútuo”. O executivo assumiu em 2015 a liderança da VW Trucks, então denominação da divisão de veículos comerciais do Grupo VW. Antes disso, fez carreira na rival alemã Daimler, deixando a companhia em 2014, depois de menos de um ano supervisionando a divisão de automóveis e vans Mercedes Benz.

    Segundo a Bloomberg, Renschler escreveu em uma carta destinada a funcionários: “Do ponto de vista pessoal, não há melhor momento para sair e entregar o negócio a um sucessor muito experiente. Com Matthias Gruendler, que alguns de vocês devem conhecer como nosso ex-CFO, como meu sucessor, tenho certeza de que você o apoiará tanto quanto me apoiou.”

    “Andreas Renschler contribuiu significativamente para o sucesso da Traton. Após um IPO bem-sucedido em Frankfurt e Estocolmo, ele estabeleceu, junto com o conselho de administração, todas as bases para uma abordagem orientada para o futuro e garantiu que a empresa, por meio de uma forte rede de parceiros estratégicos, tivesse acesso a todos os mercados relevantes”, afirmou em comunicado o presidente do conselho de supervisão do Grupo Traton, Hans Dieter Pötsch. “Com Matthias Gründler como sucessor, conseguimos adquirir um dos especialistas mais experientes do setor”, completa.



    A Traton informa ainda outras duas mudanças: Joachim Drees também deixará o conselho de administração em comum acordo e em seu lugar, a empresa nomeou Andreas Tostmann para ocupar o cargo de presidente do conselho de administração da MAN. Atualmente, Tostmann é membro do conselho de administração da marca Volkswagen (automóveis) e responsável pelas áreas de produção e logística.

    Por sua vez, Carsten Intra deixará o conselho de administração do Grupo Traton, no qual era responsável por RH e TI, para ser o novo CEO da Volkswagen Commercial Vehicles, divisão de veículos comerciais leves da VW. Segundo a empresa, suas responsabilidades serão atribuídas aos outros membros do conselho.

    O brasileiro Roberto Cortes mantém sua posição como membro do conselho de administração da Traton e segue como CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Da mesma forma, Henrik Henriksson também continuará como membro do conselho e CEO da Scania. Por fim, Christian Levin, outro membro do conselho de administração da Traton e que atua como diretor de operações e chefe de pesquisa e desenvolvimento também permanecerá nestes cargos.