Honda City 2015 já é produzido em Sumaré

Sedã custará R$ 53.900 na versão manual e R$ 69 mil na automática

Por REDAÇÃO AB
  • 01/09/2014 - 17:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 53 segundos de leitura
    A Honda já produz a segunda geração do City na fábrica de Sumaré, no interior de São Paulo. O modelo reestreia no Brasil com mudanças no design, maior espaço interno e inovações tecnológicas. As entregas começam na segunda quinzena de setembro, mas as redes já aceitam reservas. A versão DX com câmbio manual de cinco marchas custará R$ 53.900 e a EXL, com transmissão automática CVT, R$ 69 mil.

    O Honda City continua a ser vendido com motor 1.5 i-VTEC 16V, mas agora conta com a tecnologia FlexOne, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina para partida a frio, pois aquece o combustível no próprio injetor, quando necessário.

    Outra novidade é a chegada da transmissão CVT à linha City 2015, que traz como destaque a configuração com sete marchas virtuais e paddle shift (borboletas) atrás do volante, nas versões EX e EXL. Aliando o prazer ao dirigir com alta performance, o novo conjunto motor e câmbio, além de ser mais eficiente, proporciona redução do consumo de combustível, informa a Honda sem revelar quanto chega ser a economia.

    No interior, o City 2015 está mais espaçoso em relação ao atual modelo. O painel tem novo design e conta com detalhes cromados e em black piano (preto brilhante). São de série airbags frontais e laterais, ar-condicionado digital e áudio com tela de 5”, entre outros equipamentos nas versões EX e EXL.